exemplo de decoração de casamento

Decoração de casamento: qual é o seu estilo?

A decoração de casamento é um dos itens mais importantes no checklist de qualquer casal. É ela que dá o tom emocional do evento, cria o clima de romance e embeleza a cerimônia. Uma boa decoração torna o ambiente mais envolvente e compõe o cenário perfeito para a comemoração do seu grande dia!

Existem mil possibilidades de decoração para casamentos, em diversos estilos e preços. Escolher todos os detalhes e fazer com que eles combinem de forma harmônica entre si não é uma tarefa tão simples. Por isso, ajuda nunca é demais!

Quer saber como encontrar seu estilo de decoração? Siga as nossas dicas!

Por onde começar a decoração de casamento?

Contrate um decorador

Certamente você está ansiosa para decidir cada detalhe do seu casamento, mas contar com o apoio de um profissional é essencial para sair tudo perfeito. Um decorador experiente vai poder organizar os desejos dos noivos e ver a melhor forma de colocar tudo em prática. E o melhor: vocês vão poupar muito trabalho e estresse! Ninguém quer começar o dia mais feliz da sua vida se preocupando com detalhes organizacionais, não é?

É importante planejar a decoração com antecedência, para que haja tempo de decidir tudo, conseguir preços diferenciados e resolver qualquer imprevisto que possa aparecer. Portanto, comece o quanto antes a imaginar o que você quer na decoração do seu casamento. Converse com vários fornecedores e escolha aquele que mais se aproxima do seu estilo.

Avalie o espaço da cerimônia

Um dos primeiros passos para decidir a decoração é estudar as possibilidades do local onde será realizado o casamento. Antes de tudo, é preciso decidir se será realizada a cerimônia religiosa na igreja ou se farão o evento apenas no local da festa. Se houver o combo de ritual na igreja seguido de jantar ou festa, tenha em mente que será preciso pensar em dois tipos de decoração!

Depois de escolher os locais do casamento, analise as possibilidades de cada um. Em algumas igrejas será possível investir menos em decoração, por elas já apresentarem um ambiente com identidade visual bonita. É possível também que elas limitem alguns detalhes, como o tamanho ou o número de arranjos de flores. O mesmo vale para o local da recepção. Muitos bufês e restaurantes, ou outros espaços que você escolher, já contam com uma beleza natural que requer menos esforço para decoração.

Outro detalhe importante a ser pensado é o horário do evento. Casamentos diurnos, por exemplo, pedem uma paleta de cores mais quentes, enquanto cerimônias noturnas combinam com cores mais sóbrias. O horário e o local serão muito importantes também na escolha das flores e de outros detalhes da decoração.

Tenha um limite de gastos

A decoração de casamento é um item de muito peso no orçamento dos noivos, por isso, o ideal é definir um teto de gastos. Encontre um decorador que ofereça boa relação custo benefício e explorem as diversas opções de preço que o mercado oferece. É possível fazer decorações lindíssimas sem gastar muito, basta pesquisar bastante e contar com um profissional competente.

Como fazer uma decoração que reflita a personalidade do casal?

O mais bonito de um ambiente decorado é quando os convidados conseguem enxergar, em cada item, os donos daquela festa. Em um casamento, isso fica ainda mais forte. A decoração completa o clima, deixando tudo mais íntimo e romântico!

Identifique as preferências de vocês

Há diversos estilos de decoração e, para escolher um, é necessário que vocês conheçam os próprios gostos. Cada ponto, como as cores, a iluminação e os objetos, refletirá o estilo dos noivos. Claro que o decorador ajudará dando harmonia para as escolhas de vocês e trazendo toques de requinte e experiência, mas o tom e a personalidade devem ser do casal!

Então, vale a pena se perguntar: qual estilo que mais combina com vocês? O que acham que torna um ambiente agradável? Que objetos ou ideias podem dar um toque original e personalizado ao casamento de vocês? Se os dois forem amantes da natureza, por exemplo, nada mais justo do que um casamento ao ar livre, que explore bastante esse tema na identidade do evento.

Conheça os estilos de decoração

Existem diversas tendências para decoração de casamento. É interessante pesquisar e ver qual é a que mais se aproxima das preferências de vocês. É possível, também, pegar elementos de alguns estilos diferentes e fazer uma composição personalizada.

O estilo clássico pode ser o ideal para noivos que gostam do mais tradicional e pretendem ousar pouco. Essa decoração é feita a partir de elementos elegantes, como cristais e pratarias. A ideia é ser sofisticado e discreto, apostando em uma paleta de cores claras e em poucos detalhes nos ambientes.

A pegada vintage está muito em alta para casamentos. Ela trabalha com referências do passado, trazendo romantismo e pessoalidade para a decoração. Quando se opta por essa tendência, os noivos podem usar alguns elementos que façam parte da história da família, como fotos ou objetos antigos. Tons pastéis, móveis de madeira e uso de renda ou crochê são detalhes que fazem parte dessa decoração.

O estilo rústico tem elementos em comum com o vintage e cai muito bem para cerimônias ao ar livre. A decoração tem elementos mais simples, mas sem perder a beleza. São usadas muitas flores, móveis de madeira e elementos DIY (“faça você mesmo”), que dão um ar personalizado. É possível também ter uma decoração mais sofisticada, adicionando elementos como lustres e cristais e pendendo para o estilo rústico chic.

Além de se utilizar das tendências e estilos já consagrados, vocês podem trazer originalidade ao casamento, explorando ideias mais criativas e inusitadas. Algumas propostas diferentes, como escolher um tema para a festa ou montar uma estação de fotos, podem trazer um ar mais divertido para a cerimônia. Se combinar com a personalidade dos noivos, vale a pena!

Seguindo nossas dicas sobre decoração de casamento, você e seu noivo conseguem identificar o estilo que preferem e organizar uma linda cerimônia com a cara de vocês! Depois da nossa ajuda, você já pode marcar esse item no seu checklist!

Gostou do nosso post sobre decoração de casamento? Então siga nossos perfis nas redes sociais e acompanhe nossas atualizações. Estamos no Facebook e no Instagram!

casal com seus utensílios para cozinha

Saiba agora como escolher os utensílios para a sua cozinha

Escolher utensílios para cozinha costuma levar tempo. Afinal, com tantas opções, dá vontade de levar uma de cada. Avaliar a qualidade, verificar a real necessidade e encontrar um design que combine com a decoração da sua cozinha pode parecer difícil.

Pensando nisso, preparamos este post com o intuito de facilitar esse momento para você. Confira:

Preze pela qualidade

Fazer uma compra e ter que repor os produtos com pouco tempo de uso devido à má qualidade é frustrante. Portanto, pesquise bem antes de comprar. Informe-se sobre marcas, modelos, resistência e durabilidade dos itens.

Mesmo que o preço seja um pouco maior, vale a pena investir na qualidade.

Pense na sua rotina

Muitas vezes, ficamos tentados a comprar itens que achamos bonitos, mas que não necessariamente terão utilidade no dia a dia. Não caia no conto do “mas eu posso precisar…”, porque, se for pensar assim, você vai comprar tudo e acumular objetos que talvez nem sejam utilizados.

E lembre-se: o que é indispensável para os outros pode não ser útil para você. Para resolver esse problema, pense na sua rotina e observe o que realmente precisa ter na sua cozinha.

Se você adora um churrasco com amigos, ter uma petisqueira e facas de qualidade é muito importante. Se curte um bom vinho, inclua na lista os acessórios ideais para servir a bebida: taças, tampão, abridor saca-rolhas e corta gotas.

Reflita sobre o seu dia a dia antes de fazer a lista de compras.

Invista no básico

Ter o item que você precisa na hora certa otimiza o seu tempo e dá praticidade ao seu cotidiano. Os itens básicos não podem faltar na sua cozinha, como:

  • espátulas;
  • facas;
  • panelas;
  • tigelas;
  • e tábua de carnes

É claro que copos, pratos e talheres também devem estar na lista. Outra dica é ter uma boa garrafa de café. Ela deve manter a bebida quentinha e saborosa.

Personalize a compra de acordo com o seu gosto.

Se deseja preparar receitas e bolos, inclua formas e batedeira. Se gosta de servir aperitivos, tenha minicopos para servir as doses de bebida. Mas, se prefere fazer uma boa salada para garantir uma refeição saudável, acrescente travessa, pegador, saladeira e secador de salada.

Para mexer os ingredientes na panela ou na frigideira que são revestidas de teflon, use utensílios com a ponta de silicone. Além de não fazer mal à saúde, eles evitam danos ao objeto e conservam o fundo da panela.

Tenha medidores. Mesmo que a receita cite xícara, colher e copo, cada objeto desse tem tamanho diferente. Então, para não perder nenhuma receita, tenha medidores com os tamanhos padrões. Você pode encontrá-los em materiais como inox ou plástico.

Aproveite os conjuntos

Quando for escolher conjuntos, não pense apenas no número de moradores (afinal, você vai receber visitas, e não é legal servir a mesa com itens diferentes).Quando for comprar os conjuntos, verifique a quantidade de peças que o kit possui. O ideal seria ter opções para as mais variadas situações.

Entre as opções de conjuntos básicos estão:

  • pratos de jantar, recipiente para sobremesa e xícaras;
  • faqueiro com talheres para o jantar e para a sobremesa;
  • copos altos e baixos ou que incluam taças.

Na hora de selecionar os itens para servir a mesa, lembre-se de fazer uma combinação harmoniosa entre eles. Um pouco de bom gosto é capaz de criar um design elegante e diferenciado.

Um jogo de facas também é importante, pois há um tipo específico para cada necessidade. Por exemplo:

  • a faca de talhar serve para cortar fatias finas de aves e carnes assadas;
  • a de 8 centímetros é utilizada para descascar legumes e picar vegetais;
  • a serrilhada, para cortar pães e bolos.

Tenha uma pedra polidora ou afiador de metal para quando precisar amolar.

Uma dica para a faca durar é escolher modelos em que o cabo vá do começo ao final, evitando que ele solte. E, para que o fio dure por mais tempo, escolha uma tábua de corte de qualidade. Para isso, opte por tábuas feitas de bambu. Elas são mais higiênicas e não acumulam bactérias como as de madeira.

Tenha diferentes tipos de panelas

As panelas são fundamentais para a cozinha. Ter modelos, tamanhos e materiais diferentes facilita a preparação dos alimentos. Uma boa dica é optar por um conjunto de panelas, em que todas seguem o mesmo padrão estético. Ao escolher, atente-se aos materiais. Veja os tipos mais comuns.

Panela de alumínio

A principal vantagem da panela de alumínio é o manuseio. Ela é básica e leve, facilitando a rotina de quem está na cozinha. Possui preço acessível e uma diversidade de modelos.

Panela de barro

Indicadas para o preparo de caldos, sopas, peixadas e moquecas, as panelas de barro mantém o alimento quente por mais tempo. Também possuem um visual mais rústico e caseiro.

Panela de aço inox

Esse tipo de panela possui ótima distribuição do calor, aquecendo os alimentos com rapidez. É ideal para fazer molhos, caldos, refogados e cozidos.

Panela de cerâmica

A panela de cerâmica costuma chamar atenção pelo design e pela beleza das cores disponíveis, mas o seu grande diferencial é a resistência. Não risca e pode ser levada do fogão para a mesa sem danificar a estrutura.

Panela de vidro

Ideal para cozinhar arroz, tem design clean e são fáceis de limpar. Outra vantagem do vidro temperado é que ele não armazena o cheiro dos alimentos.

Experimente itens extras

Alguns itens podem ser considerados supérfluos, mas dão mais comodidade a quem for cozinhar. É o caso do misturador (mixer) e dos grills. O misturador acelera etapas da preparação, já o grill garante rapidez e produz uma alimentação mais saudável, pois não usa óleo. Sua comida estará grelhada, sequinha e saudável em poucos minutos.

Apesar de já ter mencionado os medidores neste post, se você gosta de seguir receitas ao pé da letra, invista em uma balança eletrônica.

Ela é mais prática porque mede com exatidão a quantidade necessária, e muitas vezes as receitas já indicam as medidas em gramas. E, devido à sua precisão, evita o desperdício de alimentos. Funciona à pilha e vai fazer toda a diferença na hora de preparar um prato especial.

Organizar a sua casa da forma que sempre sonhou é muito prazeroso, não é mesmo? Seguindo as nossas recomendações, ao adquirir utensílios para a cozinha, você ficará mais tranquilo na hora de cozinhar e terá prazer em convidar amigos e familiares para almoçar ou jantar.

Gostou das dicas? Então assine a nossa newsletter e continue acompanhando conteúdos como este. Selecionamos as melhores opções para o seu lar!

casal praticando uma das ideias para anunciar casamento

Inspire-se: 9 ideias para anunciar casamento

Passada a emoção do pedido de casamento, é muito interessante o casal planejar uma surpresa para contar a decisão. Para isso, é bom escolher um dia para conversar com calma e decidir como vão comunicar o casamento para as pessoas mais próximas.

Afinal, o casamento representa a união de duas famílias e o início de uma nova vida para o casal, sendo fundamental considerar o estilo dos familiares e dos noivos para encontrar a melhor maneira de fazer o anúncio. Famílias mais tradicionais podem achar bom um pedido formal do noivo ao pai da noiva, por exemplo. Mas, o que mais se espera é consideração e delicadeza para incluir as pessoas importantes para o casal nessa etapa tão feliz!

Independentemente do estilo de cada um, o ideal é segurar a ansiedade e vontade de contar para todo mundo de uma só vez, criando uma oportunidade de reunir as pessoas mais queridas para um momento especialmente planejado. Pensando em ajudar você nessa missão, reunimos 9 ideias para anunciar casamento de forma inusitada e interessante! Confira e ache a que mais combina com você!

Descubra maneiras diversas de anunciar casamento

Existem várias maneiras de anunciar o casamento, mas, antes de decidir, é preciso escolher quem de seus familiares e amigos receberá a notícia. Uma sugestão é que os pais sejam os primeiros a serem comunicados da união, seguidos dos outros familiares e amigos mais próximos. Após, a notícia se espalhará naturalmente e sem precisar de grandes formalidades.

Decisões tomadas, o ideal é comunicar a notícia em casal para cada uma das pessoas escolhidas. Assim, evita-se descompassos, confusões e mal-entendidos. Para o anúncio oficial você pode seguir algumas sugestões, como:

Maneiras de contar para os pais

1. Jantar com os pais

É possível fazer um comunicado mais formal, oferecendo um jantar para os sogros na casa da noiva e aproveitando a ocasião para o noivo pedi-la em casamento ao seu pai. Nessa hipótese, é interessante que todos saibam que haverá uma “revelação” no jantar, deixando a noite mais interessante.

Dessa maneira, ambas as famílias serão comunicadas ao mesmo tempo e poderão aproveitar a situação para celebrar.

Contudo, muitos casais desejam abandonar essa formalidade. Para os mais “descolados” é que surge espaço para surpresas originais.

 2. Surpresa

Uma sugestão é decorar a casa na ausência dos pais com temática relacionada ao casamento. Para isso, tente encomendar alguns bem-casados e um espumante para o brinde, mostrando e contendo a novidade logo quando chegarem na casa!

 Maneiras de anunciar casamento para a família

3.Almoço de domingo

Famílias mais animadas e unidas se reúnem com frequência nos almoços de domingo, por exemplo. Assim, propiciam aos noivos a situação perfeita para o anúncio de casamento!

Escolham um momento em que todos estejam reunidos para uma boa refeição e divulguem a notícia.

4. Save the date impresso

Se quiserem algo mais elaborado, podem imprimir alguns convites de save the date (guarde a data, em inglês) e distribuir aos familiares! Com certeza ogesto inusitado renderá instantes muito agradáveis.

5. Save the date no WhatsApp

Casais moderninhos podem mandar o save the date via WhatsApp para o consagrado grupo da família, e, assim assistir as reações via emoticons.

 Maneiras de anunciar para os padrinhos

6. Presente personalizado

Já é tradição no universo de casamento presentear os padrinhos com mimos diferenciados. Esse presente pode ser dado na entrega dos convites e/ou na hora de convidá-los para esse papel de destaque no casamento.

Para o presente no momento do comunicado é muito charmoso eleger um item representativo, como uma taça de cristal simbolizando o brinde e pequenos bilhetinhos com mensagens carinhosas ou com a pergunta: “Quer ser nosso padrinho ou madrinha?”

7. Visita

Mesmo com opções de presente, pode ser que não haja tempo hábil para produzir esse mimo ou o desejo de contar seja mais forte. Nesses casos, os noivos podem marcar um café ou uma visita a cada um dos padrinhos para oferecerem o convite.

O recomendado aqui é apenas cuidar para que o anúncio e o convite sejam feitos pessoalmente, compartilhando a intimidade no momento.

Maneiras de falar com os amigos

8. Encontro

Casais que gostam de confraternizações têm uma excelente oportunidade para reunir os amigos e comemorar.

Dá para organizar um churrasco, um encontro casual em casa ou mesmo um happy hour no barzinho. O mais importante é que seja divertido e marcante!

9.  Redes sociais

Se os amigos são muitos e é sempre uma grande dificuldade conciliar as agendas ou marcar horários para os encontros, uma boa dica é fazer o anúncio nas redes sociais, como Facebook e Instagram.

O alvoroço vai render os mais variados comentários e votos de felicidades. Esse burburinho com certeza valerá a pena e renderá boas risadas.

Inove com convites criativos

Agora que já sugerimos várias maneiras para anunciar casamento, é bacana seguir dando atenção especial aos detalhes e tentar inovar com convites criativos de casamento. O mercado está repleto de opções para os mais variados gostos e estilos, basta escolher qual tem mais a ver com a personalidade do casal e com a proposta da festa.

Casais modernos podem inovar enviando convites em bexigas, vídeo ou em formato que imita ingressos de cinema. Todos esses são modelos originais que estão fazendo muito sucesso atualmente. Tiras em quadrinhos e/ou caricaturas e modelos estilo “chalkboards” (quadro negro) também têm feito a cabeça de muitos casais que pretendem inovar.

Contudo, os casais mais formais não precisam ficar de fora das novidades! As opções são inúmeras, como: modelos florais e com aplicações de renda para convites elegantes, cortados a laser para acabamento delineado ou alguns modelos com arremates de metal em formato de chave, cadeado ou coração, dando um tom clássico e romântico.

Se o casamento for acontecer na praia (uma tendência ultimamente), o convite pode acompanhar a ideia e vir com itens mais naturais, como juta simulando a rede de pescar, conchas e até uma textura de areia em alto relevo.

Como já deu para notar, o céu é o limite quanto às opções de convites criativos para o casamento!

Agora que você já sabe 9 ideias para anunciar casamento, compartilhe esse post em suas redes sociais e inspire as próximas noivas!

casal depois de planejar lua de mel

7 dicas para planejar a lua de mel dos seus sonhos

Existem inúmeros tópicos para decidir nos meses que antecedem o casamento. Um dos mais importantes e esperados é a lua de mel. Sendo assim, todo casal deseja que esse seja um acontecimento inesquecível em suas vidas e que tudo ocorra com a máxima perfeição.

Desse modo, é fundamental planejar e organizar com calma a lua de mel, visto que existem muitas opções de escolha e também os mais variados custos.

Encontrar o destino perfeito para viver esse momento pode parecer desafiador. Por esse motivo selecionamos 7 dicas para ajudar você a planejar lua de mel dos seus sonhos. Boa leitura!

1. Pense fora do comum

É comum que existam destinos mais cotados para lua de mel e que figuram em quase todas as listas de sugestões. Paris, Itália, Nova York e Caribe, por exemplo, são os mais badalados e caros. No entanto, pensar fora do padrão e fugir do óbvio pode ser muito interessante, tanto para as suas finanças, quanto para as possibilidades que se abrem a partir dessa atitude.

Tenha em mente que essa é uma ocasião que será vivenciada apenas entre o casal e, portanto, não aceite diversas opiniões, visto que elas só vão deixá-los confusos.

Conversem a sós e estabeleçam gostos, orçamento, prioridades e também o que desejam fazer. Querem apenas relaxar e namorar? Ou pensam em vivenciar situações inusitadas em lugares impensáveis? Curtem destinos exóticos, com trilhas e algumas aventuras, ou preferem experiências gastronômicas e culturais?

Todos esses elementos vão ajudar vocês a estabelecer um parâmetro para começarem as pesquisas.

2. Escolha um lugar importante para o casal

Uma excelente forma de começar a delinear o destino da viagem é considerar os lugares que são importantes para vocês dois.

Relembre as viagens que fizeram, e avalie o quão inesquecível e marcante foram. Determine se vale a pena, ou não, repetir a dose na lua de mel.

Compreenda que um lugar importante não é necessariamente um destino já visitado por vocês dois. Pode ser um lugar que represente o sonho de infância do seu noivo, ou um lugar que ele visitou por muitos anos junto com a família e agora deseja levá-la para conhecer.

Perceba que essas reflexões agregam significância para a lua de mel, desde o início do planejamento, deixando essa fase muito mais agradável e especial.

3. Determine a duração da viagem e o custo total

Planejar uma viagem é uma delícia, mas é preciso usar alguns aspectos como norteadores, como por exemplo, o tempo que durará a viagem e qual será o custo total para realizá-la. A partir disso, é possível eliminar muitos destinos que saiam dos limites previamente estabelecidos.

A internet está repleta de blogs de viagem que sinalizam qual o mínimo necessário para conhecer determinado lugar. Logo, uma pesquisa nesse sentido é extremamente válida. Pesquise e anote tudo até chegar a pelo menos 3 lugares diferentes.

4. Compre as passagens

Agora é hora de pesquisar os valores das passagens para os lugares pré-selecionados, e diante do custo encontrado, finalmente decidir por um deles!

Defina as datas de ida e de volta, busque promoções, e, por fim, compre as passagens.

5. Pesquise e escolha o hotel

Uma vez que as passagens tenham sido compradas, é hora de começar a pesquisar os hotéis.

Junto com essa pesquisa, procure também quais são os pontos turísticos do lugar de destino e quais os bairros mais seguros, para poder fazer uma busca mais orientada e precisa.

Siga os mesmos critérios usados anteriormente, aplicando filtros, e deixe os 3 últimos para decidir com o seu noivo.

6. Barganhe upgrades e mimos por conta da lua de mel

Antes de baterem o martelo para esse ou aquele hotel, entrem em contato por e-mail ou telefone e avisem que irão em lua de mel. A maioria dos estabelecimentos oferecem algum tipo de upgrade ou mimo para os casais.

Barganhe à vontade! Aproveite que a viagem com esse motivo só costuma acontecer uma vez na vida. Assim, na hora de decidir, será possível escolher o hotel que oferecer as melhores condições.

7. Veja sugestões de lugares incríveis para viajar no Brasil

Em tempos de alta do dólar, viajar pelo Brasil pode ser uma excelente opção. Afinal, aqui existem lugares incríveis que não deixarão nada a desejar para os mais cotados destinos internacionais.

7.1 Fernando de Noronha

Já imaginou ir para um arquipélago paradisíaco, que tem 21 lindas ilhas? Com clima tropical e cenário de tirar o fôlego, Fernando de Noronha é um lugar para passar a lua de mel dos seus sonhos.

O contato com a natureza, flora e fauna é intenso, e por lá vocês verão peixes, tartarugas e golfinhos. Com todos esses atrativos, nem é preciso dizer que esse destino não perde em nada para o Caribe. Por lá também será possível mergulhar num imenso mar azul-turquesa, com águas cristalinas.

Certamente é o lugar ideal para casais que amam o contato com a natureza, adoram sol e mar e desejam passar dias tranquilos namorando.

7.2. Porto de Galinhas

Casais que buscam uma experiência de luxo em um dos lugares mais badalados do Nordeste, (situado há mais ou menos duas horas de Recife), podem apostar nesse destino, mais especificamente no Nannai Resort & Spa.

Localizado na praia de Muro Alto, e há 9 Km do Centro, o Nannai é um verdadeiro oásis que garante a privacidade e o conforto indispensáveis para a lua de mel. O buffet é all inclusive, e não haverá nada com que se preocupar durante a estadia, apenas namorar e relaxar!

O resort possui inúmeros bangalôs que contam com excelente infraestrutura, incluindo piscina privativa. Um verdadeiro sonho!

7.3 Anavilhanas

Se vocês desejam fugir das rotas tradicionais e mergulha em uma viagem diferenciada e exclusiva, esse é o lugar!

Anavilhanas é o nome dado ao Parque Nacional que fica no Estado do Amazonas, às margens do Rio Negro. Apesar de ser um destino ainda pouco explorado, começa a se delinear como um roteiro de luxo no coração da Selva Amazônica.

Por lá existem charmosos e confortáveis Hotéis de Selva, como o Anavilhanas Jungle Lodge, que proporcionam uma verdadeira imersão na natureza, porém com toda a segurança e tranquilidade necessários para uma lua de mel memorável.

Agora que você já sabe as 7 dicas para planejar lua de mel dos seus sonhos, compartilhe este post nas suas redes sociais e ajude seus amigos a fazerem o mesmo!

um exemplo de organização de casamento

Tudo que você precisa saber para arrasar na organização do seu casamento

A organização de casamento é, na verdade, a organização de um sonho. Ao seguir todas as etapas corretamente, tudo com o que vocês sonharam se transformará em realidade. O momento não apenas será especial e inesquecível, como ainda estará dentro do orçamento e das possibilidades do casal.

É preciso pensar em várias etapas do planejamento: desde a escolha do estilo até a definição de quais itens vão compor a decoração. Ao entender sobre isso, é possível criar um casamento de arrasar e que será realmente memorável.

Quer saber como fazer? Então conheça tudo para ter o momento dos seus sonhos!

1. Por onde começar a organização de um casamento?

Agora que a data do grande dia se aproxima, é fundamental reconhecer quais são os primeiros passos para a perfeita organização de casamento.

Antes mesmo de pensar na decoração e nessas questões mais práticas, compreenda por onde começar.

Essas etapas iniciais definirão o sucesso de tudo o que virá, então é importante ficar atento a essas questões:

1.1 Comece conhecendo qual é o orçamento

Saber o quanto você pode gastar é indispensável para fazer uma boa distribuição dos valores. Evite deixar o orçamento aberto se não quiser começar a vida de casada já com dívidas assombrando o casal.

Para não errar nessa tarefa, entenda o quanto cada um pode pagar, se haverá contribuições de amigos ou familiares e quais são as formas de pagamento. Mesmo que isso ainda seja uma estimativa, é uma forma de chegar a um valor para se trabalhar.

1.2 Defina um estilo para o enlace

Depois disso, é hora de escolher qual será o estilo de cerimônia e da festa. Quem sempre sonhou em casar ao ar livre pode optar por um casamento na praia ou por um rústico no campo. Já quem deseja uma noite de gala, deve buscar um matrimônio tradicional.

A boa notícia é que não há opções proibidas, independentemente do orçamento. Com disposição e um bom planejamento, é possível adaptar seus desejos ao quanto vocês podem pagar.

1.3 Pense sobre após o casamento

Além de pensar no enlace, vale a pena considerar o que vem pela frente. Se vocês quiserem sair em lua de mel, parte do orçamento terá que ser destinada para isso — a menos que ganhem a viagem.

Já se o desejo é dar início ao financiamento da casa própria ou até quitar o que vocês já estão fazendo, é recomendado evitar dívidas grandes.

A intenção é pensar que o que vem pela frente também merece atenção. Assim, seu casamento ficará conciliado com um ótimo começo de vida a dois.

2. Qual é o tempo ideal para organizar casamentos?

Uma das datas mais importantes da vida de um casal não pode ser pensada da noite para o dia. É preciso ter cuidado e atenção com os detalhes, além de pensar em todas as situações que podem ocorrer.

O ideal é ter um período confortável para o planejamento, já que isso aumenta as chances de tudo dar certo. Em geral, o recomendado é começar com, mais ou menos, um ano de antecedência. Isso ajuda a contratar uma série de serviços, mas sem ser muito tempo antes.

Se você está em qualquer período menor do que 11-12 meses, então a recomendação é começar quanto antes para que tudo dê certo.

Com a antecipação necessária, há alguns benefícios, como:

2.1 Melhor negociação com fornecedores

Como um casamento exige o cuidado com muitos detalhes, os fornecedores dão preferência para quem contrata com maior antecipação.

Quanto menor for a urgência, mais flexível é a negociação com quem oferecerá os elementos da data, como as flores, a comida ou a iluminação.

Além de tudo, é fácil cotar com várias empresas e profissionais. Assim, dá para usar as propostas como itens de negociação.

2.2 Custos menores

Não apenas é mais fácil contratar fornecedores com uma boa antecipação, como também é mais barato. Além da qualidade, a urgência é outro elemento que influencia diretamente o preço.

Ao fechar a prestação de serviço vários meses antes, o valor fica em conta e ainda é simples conseguir descontos.

Para quem vai pagar parcelado, é uma forma de evitar dívidas após o grande dia.

2.3 Maior segurança

Se deixarem para a última hora, são grandes as chances de não conseguirem vaga com ao menos um fornecedor. As empresas fecham as agendas com antecipação, então há o risco de não fecharem com os fornecedores que desejam.

Por outro lado, com bastante planejamento é possível selecionar os empreendimentos certos — em vez daqueles que são os únicos disponíveis.

Tendo o controle sobre essa decisão, aumentam as chances de tudo sair como o desejado!

3. Como organizar casamento?

Agora que já conhece as questões iniciais de preparação, é indispensável saber o que fazer para realizar uma organização de casamento com sucesso.

Ao seguir os passos que vêm pela frente, você terá o matrimônio dos seus sonhos e conseguirá impressionar a todos do jeito certo. Portanto, veja o que fazer e compreenda a importância de cada etapa do processo.

3.1 Entenda os seus direitos

A organização de casamento é muito especial, mas do ponto de vista legal gera uma relação comercial e/ou de prestação de serviços. Com isso, os noivos estão completamente amparados por alguns direitos.

Qualquer item que seja adquirido à distância, como pela internet, permite a desistência da compra em até 7 dias, sem custos.

Já os serviços prestados devem seguir exatamente o que foi combinado em contrato, como resultados, prazos, quantidades e formas de pagamento. Se isso não for cumprido, há o pagamento de multas.

Vocês também estarão protegidos de compras casadas, cláusulas abusivas e de quaisquer condições que ferem o Código de Defesa ao Consumidor (CDC).

3.2 Pesquise sites de casamento

Ter boas inspirações é sempre importante, até mesmo para colocar os pés no chão. Por isso, procure outros sites sobre o tema para entender melhor sobre o estilo que desejam e sobre os detalhes a considerar.

Pesquise relatos de outros noivos, dicas de profissionais do ramo e endereços que tragam inspirações com fotos diversas.

Além de ser um jeito de já entrar no clima, é algo que garante que você tenha todo o conhecimento para criar um casamento de arrasar.

Reúna suas postagens favoritas e revisite-as durante o processo, de modo a identificar como elas podem te ajudar.

3.3 Desenvolva um cronograma

Na hora de planejar um casamento, não há espaços para atrasos. O vestido tem que estar escolhido, o local alugado e os fornecedores contratados dentro do prazo certo. Ao mesmo tempo, são muitas as tarefas necessárias.

Para não se perder entre as obrigações, conte com a ajuda de um cronograma. Você pode dividi-lo por meses e, conforme a data se aproxima, por semanas.

Estabeleça o que será realizado em cada etapa e qual é o prazo máximo para que cada resultado seja atingido.

Não se esqueça de abrir espaço para imprevistos, já que pequenos atrasos podem acontecer — e é sempre necessário ter planos reserva.

3.4 Faça uma planilha de gastos

Como viu lá no começo, o orçamento precisa de atenção especial. Segui-lo com cuidado é fundamental para que não faltem recursos para itens como a decoração ou a viagem de lua de mel.

Para ajudar no controle das despesas, o recomendado é usar uma planilha de gastos. Nela devem ser anotados todos os custos com as várias etapas da cerimônia e da festa.

Caso surja algum imprevisto, ele deve ser registrado. A partir disso, poderá comparar com o que ainda tem disponível e com o quanto falta, reorganizando as finanças se for preciso.

3.5 Tenha cuidado com a lista de convidados

É natural que haja o desejo de compartilhar o momento especial do casamento com todas as pessoas queridas.

Porém, é necessário se lembrar de que todo convidado leva a um gasto extra. Por causa disso, uma lista grande significa gastos elevados, maior necessidade de espaço e assim por diante.

O ideal é vencer a vontade de convidar todos os conhecidos e se focar só nos que realmente fazem parte da vida do casal. Assim, todos que são muito especiais estarão presentes, criando um momento ainda mais incrível.

3.6 Faça tudo em um só lugar

Com o trânsito caótico das cidades, não é tão fácil sair da igreja e seguir para um salão de festas e ainda chegar a tempo. Além de tudo, isso gera um gasto extra para os noivos (porque são duas ornamentações) e para os convidados (que têm que se deslocar).

Para conquistar o máximo de conveniência, o melhor é fazer tudo em um só lugar. Escolha um local bem bonito e que tenha a ver com o estilo escolhido, de modo a criar a experiência perfeita de cerimônia e recepção.

Quem quiser casar no campo, por exemplo, pode escolher um sítio com muito espaço e toda a estrutura requerida.

3.7 Crie decorações personalizadas

A história de amor de vocês é única e, como tal, merece detalhes únicos nesse dia especial. Para que a decoração de casamento fique com a cara de vocês, procure criar decorações personalizadas.

Vale criar um brasão com as iniciais dos noivos e até adesivos e elementos que ajudam a decorar a mesa de doces, por exemplo.

Também é possível fazer, você mesma, diversos objetos, como lembrancinhas, itens decorativos do ambiente e até os convites.

Essa é uma forma de economizar e, ainda, de colocar um pouco do casal em cada parte da festa.

3.8 Conte com a ajuda dos seus familiares

Contar com bons profissionais é fundamental para conquistar um casamento do jeito que sempre sonhou. Porém, não significa que eles são os únicos que podem estar envolvidos no processo.

Na verdade, é muito benéfico contar com a ajuda dos familiares. Todo mundo tem alguém próximo que faz arranjos lindos de flores ou que costura ou cozinha muito bem.

Aproveitar isso é uma forma de incluir as pessoas queridas no processo. Veja quais são os talentos disponíveis entre os familiares e aproveite para integrar mais gente à preparação!

3.9 Contrate um cerimonialista

Ainda que a organização de casamento seja empolgante, a tarefa exige muito cuidado. Ao mesmo tempo, ainda há outras tarefas para cumprir no cotidiano, como trabalho, vida social e passar tempo com os amigos e familiares.

Além de tudo, conforme o dia se aproxima, a tensão aumenta e qualquer falha pode custar o momento dos sonhos. Dessa forma, ter auxílio profissional é muito importante.

Para aproveitar sem preocupação e não ultrapassar o orçamento, contrate um cerimonialista. Ao planejar todo o cerimonial e ao ter a ajuda de gente muito experiente, todos os sonhos poderão se transformar em realidade!

4. Como fazer a decoração de um casamento?

Outro passo fundamental da organização de casamento é a decoração. Cuidar do aspecto visual faz toda a diferença para que as pessoas tenham uma ótima impressão da sua festa, então não abra mão dessa etapa tão crucial.

Para acertar em cheio, na sequência conhecerá algumas dicas essenciais para chegar ao melhor efeito.

4.1 Respeite a paleta de cores

Para que tudo fique em harmonia, a decoração deve ser pensada considerando uma paleta de cores. Escolha alguns tons que combinem com o estilo desejado e, a partir daí, use objetos dentro dessas nuances.

Um casamento rústico, por exemplo, normalmente inclui tons neutros e terrosos. Mesmo assim, dá para incluir algumas cores e até elementos metálicos. A decoração, portanto, precisará seguir esses tons para ficar bonita e harmoniosa.

4.2 Use flores da estação

As flores são elementos muito comuns nos casamentos, pois evocam romantismo e ainda geram um ótimo efeito. Porém, se escolher opções difíceis ou fora de época, poderá pagar mais caro do que o planejado.

Em vez disso, dá para usar flores da estação. Elas são mais baratas e, principalmente, bonitas e resistentes. Com isso, há um resultado incrível por um tempo prolongado.

4.3 Inclua objetos importantes para o casal

A decoração não deve ser feita apenas com cadeiras, toalhas, flores e vasos adequados. É preciso que cada detalhe tenha a cara do casal.

Por isso, vale usar objetos que sejam relevantes para os noivos. Pequenos quadros com frases significativas para os apaixonados, fotos do ensaio de casamento e até objetos que lembrem os interesses de ambos são bem-vindos.

Assim, é possível criar um ambiente intimista e que tem tudo a ver com esse momento tão especial para vocês dois.

4.4 Acerte na iluminação

Outro elemento que faz parte da decoração e que nem sempre é considerado é a iluminação. A temperatura da luz ajuda a criar um ambiente descontraído ou intimista, dependendo de cada caso.

Portanto, pense com cuidado em qual é a sensação que desejam transmitir em cada espaço. A pista de dança, por exemplo, precisa ser animada, enquanto os lounges ou as mesas podem funcionar muito bem com velas e luzes indiretas.

Tudo isso vai valorizar ainda mais o ambiente criado e ajudará no conforto de todos os que estão no local.

5. Como fazer a lista de presentes?

Uma famosa tradição para os noivos é a lista de presentes. Graças a ela, os convidados sabem o que dar para o casal, fazendo parte da nova vida a dois que será construída.

Para garantir que tudo saia exatamente como o esperado, vale a pena planejar como fazer essa lista com cuidado. Com as recomendações mostradas a seguir, a tarefa ficará simples.

5.1 Reconheça quais são as necessidades

Uma lista de presentes deve ser, acima de tudo, útil. Não basta escolher itens bonitos ou que são tendências se eles não ajudarem a vida a dois dentro de casa.

Portanto, é fundamental entender quais são as necessidades quanto aos itens de cozinha, quarto, banheiro e decoração, em geral. Selecione objetos práticos e que realmente ajudem no cotidiano.

5.2 Ofereça uma variedade de escolhas

Outro ponto importante é considerar que os convidados possuem realidades diferentes. Há quem poderá pagar mais por um presente e quem terá preferência por itens em conta.

Por isso, não erre na hora de escolher os presentes e faça uma seleção diversificada, com escolhas para todos os gostos e possibilidades.

Escolha elementos de vários preços e para várias finalidades, de modo que cada um escolha o que achar adequado. Assim, você garante que todos possam participar desse momento único.

5.3 Selecione um local confiável e conveniente

Uma parte fundamental é garantir que a lista esteja na loja correta. Ela precisa, em primeiro lugar, ter uma boa variedade de itens e preços convidativos, de modo a facilitar todo o processo.

Se ela for online, preocupe-se com questões como segurança, prazo de entrega e frete. Assim, toda a etapa acontecerá sem problemas.

E para maximizar a conveniência, escolha uma opção com várias formas de pagamento, já que cada um poderá decidir o que é melhor para o próprio bolso.

5.4 Deixe os convidados sabendo

A lista só será verdadeiramente útil se todos souberem onde estão os itens desejados, certo?

Tão necessário quanto montá-la, portanto, é fazer a comunicação a respeito dela. Depois de tudo elaborado, divulgue o endereço virtual da sua lista ou a loja na qual ela está.

Isso permitirá que todo mundo se planeje corretamente, sem que fique pesado ou sem que ninguém se sinta de fora.

6. O que fazer para organizar a casa após o casamento?

Preocupar-se com a organização de casamento é muito importante para que tudo saia como o esperado. Entretanto, também é preciso ter atenção às questões que virão após o enlace.

Na nova casa e começando uma vida a dois, é necessário saber como organizar o lar, especialmente com todos os presentes recebidos a partir da lista.

Mas se você acha que isso é difícil, não se desespere! Com as nossas dicas, o lar estará pronto para dar início à vida a dois.

6.1 Abra os presentes aos poucos

Um erro muito comum que os recém-casados cometem é o de abrir todas as embalagens de uma só vez. Isso gera dois problemas: uma grande quantidade de itens a ser organizada e caixas espalhadas por toda a casa.

Em vez disso, prefira abrir os embrulhos aos poucos. Vocês poderão avaliar cada item com cuidado e organizar o volume que preferir, sem pressa ou grandes exigências.

Para completar, fazer tudo com calma e aos poucos permitirá que cada embrulho seja uma surpresa e uma recordação desse momento especial!

6.2 Crie categorias para separar os itens

Depois dessa primeira organização, vale a pena considerar realizar um processo ainda mais completo para deixar tudo funcional.

Para tanto, é necessário separar os objetos em categorias. As louças, por exemplo, devem ser separadas por tipos e as roupas de cama, por cores. Os eletrodomésticos e móveis ficam juntos em seus respectivos cômodos, assim como os itens de decoração.

Além disso, preparem-se para organizar as roupas e os objetos de valor sentimental que já estavam antes com vocês.

O principal objetivo não é apenas guardar os itens, mas facilitar para que eles sejam usados ao longo dos próximos meses.

6.3 Doe itens antigos

Como dito, é preciso organizar, também, o que os noivos já tinham. Porém, em meio a essa mudança talvez vocês descubram que já não precisam de um móvel ou que uma roupa já tinha sido até esquecida no armário.

Para começar a vida de casados com o pé direito, que tal doar peças antigas? Separe as que estiverem em bom estado e direcione-as para quem mais precisa.

Além de ser uma boa ação, é uma forma de abrir espaço para todos os itens recebidos de presente e para tudo o que virá pela frente.

6.4 Considere contar com ajuda

Se tiver sobrado um dinheiro do casamento e não querem ter preocupações com a organização, então é possível contratar profissionais especializados no assunto.

Os chamados professional organizers são responsáveis por deixar tudo em ordem e pronto para ser usado, com o máximo de praticidade.

Se não for possível, é sempre válido ter a ajuda de familiares e amigos. É, inclusive, uma nova oportunidade para celebrar, novamente, o enlace.

Como resultado, dá para voltar da lua de mel e encontrar tudo organizado e perfeito para uma nova etapa da vida!

Com essas recomendações de organização de casamento, o matrimônio acontecerá sem problemas e a vida a dois começará com o pé direito.

Gostou dessas dicas? Comente e nos conte a sua opinião e suas dúvidas sobre o tema!