5 dicas para organizar uma noite de pizza com amigos

5 dicas para organizar uma noite de pizza com amigos

Saiba mais
Descubra 7 receitas fitness imperdíveis

Descubra 7 receitas fitness imperdíveis

Saiba mais
Conheça os melhores tipos de panela para a sua cozinha

Conheça os melhores tipos de panela para a sua cozinha

Saiba mais
casa utilizando planta artificial ou natural

Planta artificial ou natural: qual a melhor para decoração?

Saiba mais
estilos de eletrodomésticos para cozinha

Casa equipada: 10 eletrodomésticos para cozinha essenciais

Saiba mais
tipo de cortes de carne

Cortes de carne: selecionamos os melhores para o seu churrasco

Saiba mais
Cozinha pronta depois e saber como montar uma cozinha

Guia completo: aprenda a montar a sua cozinha

Saiba mais
Decoração com a Ultra Violet Pantone

Ultra Violet Pantone: veja como usar a cor do ano com bom senso!

Saiba mais
estilos de móveis de couro

Móveis de couro: aprenda já a cuidar dos seus

Saiba mais
um exemplos de algumas das ideias de drinks

5 ideias de drinks para a Copa do Mundo!

Saiba mais
Garçom com um dos tipos de taças

Conheça os 6 tipos de taças para apreciar boas bebidas!

Saiba mais
mesa arrumada com jogo americano

Jogo americano ou toalha de mesa: quando usar cada um?

Saiba mais
casal se preparando para deixar a casa organizada

Saiba já como deixar a sua casa organizada de uma vez por todas!

Saiba mais
decoração de flores em festa de casamento

Confira as tendências para festa de casamento para 2018!

Saiba mais
casal comemorando dia dos namorados em jantar romântico

Dias dos Namorados: dicas para montar um jantar romântico em casa

Saiba mais
exemplo de uma bela decoração do espaço gourmet

Inove na decoração do espaço gourmet em sua casa

Saiba mais
casa com flores na decoração da sala

Como incrementar flores na decoração?

Saiba mais
cores certas para não cometer erros de decoração

Alerta: veja 7 erros de decoração que você não pode cometer

Saiba mais
pessoa sentada depois de montar home - office

5 dicas para montar um home office super produtivo

Saiba mais
alguns exemplos de uvas para vinhos

Descubra 12 uvas para vinhos que você não conhecia

Saiba mais
como fazer Bolo Red Velvet

Saiba como fazer um delicioso Bolo Red Velvet

Saiba mais
pessoas analisando ideia de aplicativos de decoração

Conheça os melhores aplicativos de decoração

Saiba mais
amigos fazendo uma sessão de cinema em casa

Saiba como organizar uma sessão de cinema em casa

Saiba mais
exemplos de como conservar móveis de madeira

O que devo fazer para conservar móveis de madeira?

Saiba mais
dicas de como colocar quadros na parede

Aprenda aqui como colocar quadros na parede

Saiba mais
mulher preparando receitas para o fim de semana

Conheça as melhores receitas para o seu fim de semana

Saiba mais
área de lazer aconchegante e super bem decorada

O que não pode faltar na área de lazer?

Saiba mais
os vários signos e o presente para cada signo

Descubra os melhores presentes de casamento para cada signo

Saiba mais
resultado após aprender como fazer hamburguer gourmet

Aprenda como fazer hambúrguer gourmet

Saiba mais
formas de como montar uma adega em casa

Passo a passo: aprenda como montar uma adega em casa

Saiba mais
um dos tipos de salada

5 tipos de saladas para a sua dieta ou churrasco em casa

Saiba mais
uma das nossas receitas de drinks

8 receitas de drinks para se refrescar no verão

Saiba mais
garotas magras que gostam de receitas leves para o verão

Descubra 7 receitas leves e refrescantes para o verão

Saiba mais
pessoa curtindo piscina depois de construir uma piscina

Como construir uma piscina em casa?

Saiba mais
um cão e alguns cuidados com cães e gatos

Alerta: veja os cuidados com cães e gatos em casa

Saiba mais
um tipo de decoração de casa

O guia definitivo para decoração da casa dos sonhos

Saiba mais
um dos tipos das tendências de decoração para 2018

Fique de olho em 7 tendências de decoração para 2018

Saiba mais
amigos praticando regras de etiqueta à mesa

Regras de etiqueta à mesa: o que é permitido e o que é proibido?

Saiba mais
Regras de etiqueta à mesa: o que é permitido e o que é proibido?

Regras de etiqueta à mesa: o que é permitido e o que é proibido?

Saiba mais
casal tentando escolher fornecedores de casamento

7 dicas para escolher fornecedores de casamento

Saiba mais
mulher preparada modo de como deixar a casa perfumada

Como deixar a casa perfumada? Descubra aqui!

Saiba mais
mesa posta com os melhores acessórios para mesa de jantar

Acessórios para mesa de jantar: o que não pode faltar?

Saiba mais
aprenda como montar mesa de café da manhã

Como montar uma mesa linda e deliciosa de café da manhã?

Saiba mais
comemoração depois de saibre como organizar uma festa de carnaval em sua casa

Saiba como organizar uma festa de carnaval em sua casa

Saiba mais
Dani Noce, a youtuber famosinha no meio da gastronomia

Conheça Dani Noce, a queridinha da gastronomia na web

Saiba mais
limpeza para organizar a casa

Saiba como organizar a sua casa

Saiba mais
definindo qual o melhor mês para casar

Qual é o melhor mês para casar?

Saiba mais
preparo em uma cozinha light

O que fazer para ter uma cozinha light?

Saiba mais
amigos no happy hour em casa

Tudo que você precisa saber para organizar happy hour em casa

Saiba mais
utensílios para casa nova

Utensílios para a casa: o que não pode faltar em cada cômodo?

Saiba mais
casal em um dos tipos de casamento

Tipos de casamento: qual combina com o seu estilo?

Saiba mais
bolo feito com as receitas de bolo

Separamos as melhores receitas de bolo para você

Saiba mais
casal decidindo lista de convidados de casamento

O que fazer para organizar a lista de convidados de casamento?

Saiba mais
exemplos de tipos de taça

Descubra os tipos de taças ideais para cada bebida

Saiba mais
petiscos das receitas de finger foods

Conheça 6 receitas deliciosas de finger foods

Saiba mais
Noiva fazendo lista de eletrodomésticos para quem vai casar

Lista de eletrodomésticos para quem vai casar: o que não pode faltar?

Saiba mais
variados tipos de café

Tipos de café: qual é o seu preferido?

Saiba mais
preparando a lista de presentes para casamento

Lista de presentes para casamentos: tire aqui suas dúvidas

Saiba mais
dicas de decoração de casa nova

Decoração de casa nova: inove de acordo com o seu estilo

Saiba mais
pessoas comemorando jantar em família

Saiba como planejar um jantar em família

Saiba mais
exemplos de espaços para escolher local de casamento

4 dicas para escolher o local do seu casamento

Saiba mais
casal decide receber amigos em casa

Saiba como receber amigos em casa e crie uma recepção surpreendente

Saiba mais
casal preparando e sabendo manter a calma ao planejar casamento

Pare! E aprenda como manter a calma ao planejar casamento

Saiba mais
exemplo de decoração de casamento

Decoração de casamento: qual é o seu estilo?

Saiba mais
casal com seus utensílios para cozinha

Saiba agora como escolher os utensílios para a sua cozinha

Saiba mais
casal praticando uma das ideias para anunciar casamento

Inspire-se: 9 ideias para anunciar casamento

Saiba mais
casal depois de planejar lua de mel

7 dicas para planejar a lua de mel dos seus sonhos

Saiba mais
um exemplo de organização de casamento

Tudo que você precisa saber para arrasar na organização do seu casamento

Saiba mais
aparelho de jantar bonitos

Os segredos para acertar no aparelho de jantar

Saiba mais
5 dicas para organizar uma noite de pizza com amigos

5 dicas para organizar uma noite de pizza com amigos

Realizar eventos em casa — desde pequenas reuniões até grandes festas — é uma forma de juntar os amigos e colocar o papo em dia. Marcar a confraternização à noite garante que a maioria possa participar e abre um grande leque de possibilidades para a temática do evento. Uma das opções é a noite de pizza, já que dá para criar diversos sabores e agradar a todos os paladares.

Porém, para que a confraternização seja bem sucedida, é preciso prezar pela organização. Assim, os imprevistos são evitados e todo mundo se diverte.

Quer acertar no planejamento da sua noite de lazer e agradar seus convidados? Então, confira cinco dicas de organização que vão deixar a sua casa pronta para receber os amigos!

1. Ofereça petiscos

A noite de pizza não começará logo que o primeiro convidado chegar. Por isso, é importante oferecer petiscos para que ninguém fique com fome enquanto espera.

A dica é apostar em alternativas leves, como azeitonas, amendoim e queijos — para já dar o tom do evento. Ainda é possível servir legumes em tiras, como cenoura, pepino e tomate.

2. Pense na base para as pizzas

É essencial acertar na massa das pizzas, assim como no molho de tomate. Portanto, decida se a massa será pronta ou feita em casa. Caso opte pela segunda alternativa, tenha certeza de que sabe fazer a receita, já que escolher esse momento para testar não é uma boa ideia.

Já ao comprar a massa, optar pelo tamanho mini ou pequeno possibilita que cada convidado faça a sua pizza no sabor desejado. Lembre-se de incluir na lista de compras opções de massa integral, caso algum amigo seja vegetariano ou esteja de dieta.

Já o molho pode ser caseiro — feito à base de tomate, água e cebola — ou ser comprado pronto. Há diversas opções no mercado, como de manjericão ou especial para pizza. Leve um sabor tradicional e outros dois diferentes para que os convidados possam escolher.

3. Defina os recheios

A parte dos recheios é uma das mais difíceis, já que é preciso oferecer opções que agradem a gostos variados. Mas com um bom planejamento dá para acertar e ter uma reunião muito saborosa.

Parta do princípio de que nem todos gostam das mesmas coisas e inclua alternativas clássicas e diferentes no cardápio. Para não errar, monte os sabores em um papel e especifique os ingredientes.

Dá para disponibilizar aos convidados opções como:

  • muçarela;
  • parmesão;
  • requeijão;
  • calabresa;
  • legumes;
  • azeitona;
  • frango desfiado;
  • presunto;
  • lombo canadense;
  • ovo cozido.

Não se esqueça de comprar ingredientes frescos e deixar tudo cortado e distribuído em potes para facilitar a montagem.

4. Acerte nas bebidas

As bebidas servidas na noite de pizza precisam combinar com o prato principal e satisfazer os convidados. O vinho harmoniza bem com pizza, assim como cerveja artesanal. Prefira o vinho tinto ou o branco, se estiver calor.

Porém, é importante não oferecer somente bebidas alcoólicas. Aposte em refrigerantes, água com e sem gás e sucos para quem não bebe e para crianças, caso sejam convidadas.

5. Organize a mesa

Com tudo decidido, é hora de organizar a mesa. Se o espaço for pequeno para acomodar os convidados, defina o móvel como uma estação de montagem.

Distribua os recipientes com os ingredientes e as massas para que cada um possa criar a sua pizza. O ideal é setorizar: um espaço para a massa e o molho, a seguir os queijos, e do lado as carnes. Depois os legumes e, por fim, os temperos.

Tenha também copos, pratos, guardanapos, talheres e condimentos para colocar na pizza pronta — ketchup, mostarda e maionese, entre outros. Lembre-se de escolher uma toalha bonita para compor a mesa como forma de decoração, afinal, não haverá muito espaço para um arranjo de flores, por exemplo.

A noite de pizza é uma ótima aposta para reunir os amigos e familiares em casa de um jeito saboroso. Com organização, dá para servir opções incríveis e deixar os convidados satisfeitos.

Agora que você já sabe como planejar esse tipo de evento, descubra como elaborar um happy hour em casa!

Descubra 7 receitas fitness imperdíveis

Descubra 7 receitas fitness imperdíveis

Um estilo de vida saudável, com alimentação equilibrada e a prática regular de atividade física é o que muitos buscam para se manter saudáveis e em boa forma física. No entanto, nem sempre temos à mão um cardápio light, com receitas fitness que nos possibilitem consumir menos calorias, não é mesmo?

De fato, por falta de opção e tempo, várias vezes nos vemos obrigados a consumir alimentos calóricos. Esse, inclusive, é o motivo de muitas dietas não darem certo. Agora, e se você fizesse aquelas receitas originalmente calóricas, mas em na sua versão fitness? Pois saiba que isso é possível!

Neste post, selecionamos para você algumas receitas fitness fáceis de fazer e que vão lhe dar água na boca. Então, continue lendo e confira!

1. Pizza de massa de couve-flor

Afinal, quem não ama pizza? Com essa receita você vai saborear uma com menos calorias. E o recheio fica por sua conta! Acompanhe:

Ingredientes

  • 1/3 de couve-flor bem ralada (somente na parte crespa — os talos não serão usados);
  • 1 xícara de muçarela ralada;
  • 1 ovo;
  • orégano;
  • sal a gosto.

Modo de preparo

Pique a couve-flor, mas só na região das flores. Procure utilizar um processador ou ralador, pois é importante que ela fique bem ralada. Depois, leve uma xícara dessa couve-flor picada ao micro-ondas por 3 minutos, para amolecê-la — mas tomando cuidado para que ela não escureça.

Espere esfriar e misture a muçarela e o ovo. Prontinho: você já terá a massa da pizza! Basta temperá-la com orégano e sal a seu gosto.

Então, modele o disco com a ajuda de uma colher, diretamente na forma (que deverá estar bem untada). Depois, leve-o ao forno preaquecido. Após isso, escolha ingredientes pouco calóricos — como queijo branco, rodelas de tomate e orégano — para rechear a pizza, e leve-a novamente ao forno para derreter o queijo. Bom apetite!

2. Bolinho de amêndoas e cacau

Essa receita não tem glúten ou lactose, por isso, é uma opção ideal para pessoas intolerantes a essas substâncias.

Ingredientes

  • 1 ovo;
  • 1 colher de sopa de óleo de coco;
  • 1 colher de sopa de farinha de aveia (arroz ou quinoa);
  • 1 colher de sopa de farinha de amêndoas;
  • 1 colher de sobremesa de cacau em pó;
  • 1 colher de sobremesa de mel ou um adoçante de sua preferência;
  • 1 colher de chá de fermento em pó.

Modo de preparo

Em uma caneca, misture todos os ingredientes. Depois, leve-os ao micro-ondas por cerca de 1 minuto e meio. Prontinho, já pode saborear!

3. Panqueca de omelete fitness

A panqueca é um prato muito gostoso, não é mesmo? No entanto, também é bem calórico, podendo colocar a dieta a perder. Mas você sabia que uma omelete com cara de panqueca pode ser uma excelente substituição? Confira a receita!

Ingredientes

  • 2 ovos batidos;
  • 1 pitada de pimenta do reino;
  • 1 pitada de sal;
  • 2 colheres (sopa) de salsinha picada;
  • 1 fatia de presunto e uma de muçarela, para o recheio.

Modo de preparo

Bata bem os ovos e junte os demais ingredientes. Depois, unte uma frigideira antiaderente com um pouco de azeite, espalhando-o com um papel toalha. Após isso, aqueça bem a frigideira e coloque a mistura com os ovos.

Mantenha o fogo baixo, como se estivesse fazendo uma panqueca. Então, tampe a panela e espere o ovo cozinhar. Quando o ovo estiver bem cozido, acrescente uma camada de muçarela e uma de presunto sobre o omelete, e espere o queijo derreter. Depois, enrole e sirva quentinho!

4. Canjica fitness

Geralmente, é muito difícil adaptarmos receitas de doces tradicionais a receitas fitness, mas a canjica fica uma delícia! Quem não abre mão desse quitute, vai se deliciar… só não abuse, ok?

Ingredientes

  • 1 xícara de milho de canjica;
  • ½ xícara de água;
  • ½ xícara de leite de coco;
  • 2 canelas em pau;
  • 2 cravos;
  • 2 colheres de sopa de adoçante culinário;
  • 1 colher de sopa de amido de milho.

Modo de preparo

Em um recipiente, deixe a canjica de molho por 12 horas. Após isso, descarte a água e coloque a canjica em uma panela de pressão, cobrindo-a com bastante água. Depois de a panela pegar pressão, cozinhe por 25 minutos. 

Em outra panela, junte a água, o leite de coco, a canela, o cravo, o adoçante e o amido de milho. Quando eles começarem a engrossar, junte a canjica cozida e mexa até o creme ganhar consistência. Sirva quente ou gelado.

5. Rosquinha de polvilho light

Rosquinhas de polvilho são uma delícia, mas também muito calóricas. Confira, então, essa receita que contém menos calorias:

Ingredientes

  • 2 xícaras (chá) polvilho azedo;
  • 1 colher (sopa) óleo de coco ou outro;
  • 0,25 xícara (chá) de água quente;
  • 1 ovo;
  • 1 pitada de sal.

Modo de preparo

Em uma tigela, misture o polvilho, o óleo, o ovo e o sal. Depois, acrescente a água quente e amasse bem até formar uma massa lisa.

Após isso, você já poderá moldar as rosquinhas ou palitos, se preferir, colocando-os em uma travessa. Não se esqueça de dar um bom espaço entre eles. Por fim, leve ao forno preaquecido (180 graus) por 15 minutos em média.

6. Crepioca Fit

Nesse caso, escolha recheios com poucas calorias — como queijo minas, espinafre, peito de frango, entre outros — para tornar o prato ainda mais fit, ok?

Ingredientes

  • 2 colheres (sopa) de goma de tapioca;
  • 1 ovo;
  • 1 colher (sopa) de água (opcional, para deixar a tapioca menos borrachuda);
  • temperos a gosto (sal, orégano, pimenta do reino, parmesão ralado, entre outros);
  • recheios a gosto (muçarela, ricota, cottage, queijo branco, peito de peru, frango, espinafre etc.).

Modo de preparo

Em uma tigela, bata o ovo, a água e a tapioca com um garfo, temperando-os a gosto. Depois, coloque uma frigideira antiaderente para esquentar em fogo médio (você pode untá-la com azeite ou óleo de coco). A seguir, espalhe a crepioca na frigideira e deixe-a dourar dos dois lados. Recheie a gosto.

7. Creme de cacau 

Se você que não aguenta ficar sem chocolate, essa receita vai segurar a sua onda! Confira e se delicie:

Ingredientes

  • 250 ml de leite de arroz ou leite vegetal;
  • 15 unidades de castanha de caju;
  • 1 colher de sopa de mel;
  • 1/4 xícara de cacau em pó.

Modo de preparo

Bata todos os ingredientes no liquidificador até obter uma consistência cremosa. Então, coloque o creme em potes pequenos e tampados e leve-os à geladeira por 2 horas. Aproveite — só não exagere na dose!

Enfim, como você pôde conferir, é possível manter uma dieta com mais prazer por meio de receitas fitness variadas. No entanto, para melhores resultados, é sempre bom consultar um nutricionista, que saberá avaliar as suas reais necessidades.

E aí, gostou das nossas sugestões de receitas light? Continue, então, com a visita ao nosso blog e confira também como montar uma mesa linda e deliciosa de café da manhã!

Conheça os melhores tipos de panela para a sua cozinha

Conheça os melhores tipos de panela para a sua cozinha

Você conhece os principais tipos de panelas e sabe quais delas são indicadas para cozinhar em cada momento? Pois é, utilizar a panela mais apropriada pode, sim, fazer toda a diferença.     

Por isso, neste artigo, vamos falar sobre os materiais em que as panelas são produzidas, como inox, alumínio, cerâmica, teflon, entre outras. Você saberá também os prós e os contras de cada uma delas, e como elas podem interferir no cozimento dos alimentos. 

Continue a leitura e confira as variedades e características desses acessórios que são fundamentais para manter a sua casa bem equipada!

Panela de inox

É um tipo de panela muito resistente e tem um atrativo todo especial: ela não oxida, além de ser linda e sempre se manter com aquele brilho característico. A distribuição do calor no cozimento dos alimentos é uniforme e excelente para preparar cozidos, refogados e caldos.

No entanto, com o tempo ela pode escurecer um pouco, além de soltar níquel, uma substância muito tóxica. Outro contra é que ela não é indicada para fritura, visto que aquece muito rápido — o que pode comprometer o cozimento do alimento.

Panela de cerâmica

As panelas de cerâmica são excelentes, fáceis de limpar e ainda são antiaderentes. São atóxicas e conservam o calor, indicadas para alimentos que necessitam de cozimentos longos. Você pode encontrá-las no comércio fabricadas em 100% cerâmica e revestimento antiaderente ou outras com apenas um revestimento em cerâmica.

No entanto, é sempre bom observar na hora da compra se o item tem certificado de atoxidade, assegurando que o produto não liberará substância tóxica.

Panela de alumínio

É um dos modelos mais antigos e difundidos de panela. Seu preço é bastante em conta quando comparado aos outros tipos. É indicado para qualquer forma de cozimento, seja para dourar carnes, frituras, cozidos, refogados, entre outros. As vantagens de adquirir panelas de alumínio têm a ver com sua praticidade, leveza e facilidade na hora de lavar.

A maior desvantagem em relação à panela de alumínio é a sua toxidade. Já é comprovado que os alimentos cozidos com esse tipo de material absorvem metais durante o cozimento.

Se você gosta de cozinhar em panelas de alumínio evite alimentos muito ácidos e o sal, já que eles colaboram para a liberação dos resíduos tóxicos. Outra dica é retirar o alimento da panela assim que ele ficar pronto. 

Panela de cobre

É conhecida por ser ótima condutora de calor. Esquenta uniformemente e esfria bem rápido. É um utensílio  pesado, mas bastante durável. Excelente para o preparo de doces. É possível encontrar modelos revestidos com aço inoxidável, no entanto, são peças ainda mais caras — muito utilizadas por chefs de cozinha.

Sua maior desvantagem, além do preço, é o cobre, material que pode desprender da panela e contaminar os alimentos. Desse modo, assim como a panela de alumínio, é bom evitar fazer alimentos ácidos e usar sal, já que eles contribuem para a liberação da toxidade.

Panela de vidro temperado

São panelas bonitas, práticas, bem fáceis de limpar, não soltam gosto nem cheiro e o melhor: não liberam nenhum material tóxico. São excelentes para o preparo de refogados e arroz.

Contudo, elas contam com um contra que é a fragilidade, podendo quebrar facilmente. Por isso, a dica é ter o máximo de cuidado ao manuseá-la.

Panela de teflon ou antiaderente

Bastante popular, a panela de teflon tem preços acessíveis ao consumidor. Suas maiores vantagens são a facilidade no preparo dos alimentos e a utilização de pouca ou nenhuma gordura, já que conta com o antiaderente.

Para mantê-la sempre em bom estado, alguns cuidados devem ser tomados, como usar utensílios de silicone que evitam arranhá-la, cozinhar os alimentos em fogo baixo e na hora da limpeza utilizar sempre uma esponja bem macia.

Sua maior desvantagem é quando ela começa a descascar, sendo aconselhável, nesse caso, substituí-la logo para que não solte resíduos tóxicos nos alimentos.

Panela de ferro

É um dos tipos de panelas mais duráveis e não deforma com o tempo de uso. Uma das vantagens da panela de ferro é que ela aquece de forma uniforme os alimentos durante o preparo. Um outro benefício é que, diferentemente de alguns modelos, ela libera resíduos de ferro nos alimentos durante o cozimento — sendo muito bom para a saúde, principalmente no combate à anemia.

Excelente para o preparo de sopas, molhos e caldos. Quanto ao preço, perderam a fama de serem baratas, hoje encontramos valores não tão em conta, como era no passado. 

As desvantagens desse tipo de panela é o peso, dificultando o manuseio, além da possibilidade de enferrujar se não forem tomadas algumas medidas de precaução. Por isso, lave sempre sua panela de ferro com água morna e sabão e seque-a no fogo. Por fim, é aconselhável passar uma camada de óleo na sua superfície.

Panela esmaltada

As panelas esmaltadas são fabricadas com ferro fundido ou alumínio e revestidas com tinta esmalte. Apesar de há algum tempo elas terem seu uso desaconselhado, hoje são produzidas de forma segura e não oferecem riscos de toxidade. As maiores vantagens é que são leves, fáceis de lavar e excelentes no preparo de carnes e cozidos.

Os contras são que aquecem muito rápido, exigindo mais atenção na hora de cozinhar. A outra desvantagem é a facilidade de riscá-las, por isso é aconselhável utilizar apenas utensílios de silicone em seu uso.

Dicas para escolher os tipos de panelas ideais para você

Pense no tamanho da panela

Para quem mora sozinho comprar panelas muito grandes não é uma boa ideia, podendo ser um desperdício de espaço. Por isso, compre panelas observando o número de pessoas que tem na sua casa. 

Considere a praticidade

Atualmente, as pessoas buscam pela praticidade nos utensílios de casa, não é mesmo? Principalmente se você passa o tempo todo correndo contra o tempo. Dessa forma, na hora de escolher, opte por modelos fáceis de limpar e que não exijam muitos cuidados.

Verifique o custo-benefício

Na hora de comprar suas panelas, considere o custo-benefício que elas podem oferecer. O barato muitas vezes pode sair caro. Escolha utensílios que tenham uma boa qualidade e durabilidade maior. Assim, certamente, você sairá ganhando!

Como você pôde conferir neste artigo, os tipos de panelas são muitos. Para saber as ideais para o seu caso é necessário que você avalie suas reais necessidades. Leve nossas dicas em consideração e boa sorte na escolha!

Então, o que achou deste artigo? Foi útil para você? Que tal agora conhecer alguns utensílios de cozinha no nosso site? Temos diversas opções incríveis! 

 

casa utilizando planta artificial ou natural

Planta artificial ou natural: qual a melhor para decoração?

Decorar a casa com plantas e flores é uma ótima forma de renovar os ambientes. Elas contribuem para tornar qualquer espaço mais colorido e aconchegante. No entanto, muitos esbarram na dúvida sobre que tipo escolher: planta artificial ou natural?

A planta natural requer mais tempo e dedicação e necessita de cuidados, como regas frequentes e podas, ou seja, dá muito mais trabalho — porém, mais satisfação. As artificiais, por sua vez, quando não são idênticas às naturais, tornam o ambiente com um aspecto “cafona”. Mas não se preocupe, pois existem plantas artificiais muito bem-feitas e que são facilmente confundidas com as naturais.

Neste post,

Quais os cuidados que devemos ter com plantas naturais?

As plantas e flores naturais são visivelmente mais viçosas e bonitas que as artificiais — por mais bem-feitas que sejam. No entanto, de nada adianta gastar uma boa quantia com um exemplar natural que necessite de cuidados, se você não puder perder algum tempo do dia com ele.

As plantas naturais dão trabalho e exigem dedicação e um certo conhecimento sobre cada espécie, visto que precisam ser colocadas em ambientes adequados e receber regas suficientes, por exemplo. Confira os principais cuidados!

Manter a iluminação adequada

As plantas necessitam de luz para seu crescimento e manutenção. A falta de luz, junto com a falta de irrigação, é um dos maiores erros que se comete nos cuidados com as plantas. Muitas vezes uma boa solução para o problema é a utilização de lâmpadas incandescentes que imitam a luz natural.

Garantir a temperatura ideal

Uma grande parte de plantas de interior não tolera bem a mudança de temperatura, responsável por paralisar o crescimento e causar quedas de folhas.

Assegurar a umidade atmosférica

A umidade atmosférica é essencial para o crescimento ideal das plantas de interiores. Quando a umidade da planta não está adequada, ela responde com uma coloração amarelada e queda das folhas.

Irrigar de acordo com as necessidades

Aquela plantinha que você acabou de comprar e deseja muito vê-la crescer só vai corresponder se for devidamente irrigada. A planta em crescimento necessita muito mais de irrigação do que aquela que está em “repouso” vegetativo.

A espécie que floresce em alguns meses do ano precisa ser mais regada quando está florescendo do que nos períodos sem flor. Uma boa dica para saber se sua planta precisa ser regada, é colocar o dedo na terra: se estiver seca, necessita ser regada.

Adubar conforme a orientação do fornecedor

Adubar sua planta é muito importante para que ela se mantenha sempre bonita e frondosa. Geralmente, ao adquirir a planta, o comprador recebe uma série de orientações do fornecedor sobre os cuidados com ela. Entre eles, estão o número de regas, o melhor fertilizante e como adubá-la adequadamente.

Para seu conhecimento, existem no comércio adubos feitos especialmente para “plantas flor” (Prímula, Azaleia, Saintpáulia, Begônia etc.) e para as “plantas verdes” (Hera, Dracena, Monstera, Schefflera, Aglaonema, Aralia etc.).

Limpar com frequência

A limpeza regular das plantas é muito importante tanto por beneficiar a planta quanto por razões estéticas e de saúde. Para limpá-la, basta utilizar um pano umedecido com água. Após a remoção do pó, é necessário borrifar água. No entanto, existem espécies que não devem ser limpas dessa forma, mas sim com uma escova macia. É o caso de Elkhorn, Begónia, Saintpaulia e Violeta Africana.

Quais plantas naturais são mais comuns na decoração de interiores?

São elas: aglaonema, antúrio, árvore da felicidade, azaleia, bambu da sorte, begônia, bromélia, cacto, calatheas, cróton, espada de São Jorge, jiboia, lírio da paz, orquídea, ráfis, samambaia, suculentas, entre outras.

Como não errar com as plantas artificiais?

Hoje em dia, algumas plantas artificiais são confeccionadas com tamanha perfeição que confundem qualquer um, visto que os modelos estão cada dia mais realistas.

Essa opção está super em alta e é considerada uma excelente alternativa para decorar e dar mais vida aos espaços. Para quem não dispõe de tempo para se dedicar aos cuidados com as naturais, as artificiais dão conta do recado.

Outra questão importante é que a planta artificial não precisa de luminosidade, ou seja, ela pode decorar qualquer ambiente da casa e, por isso, é um recurso cada vez mais utilizado por decoradores de interiores.

Escolha bem o vaso

Um bom artifício para que as plantas artificiais se aproximem cada vez mais das plantas naturais é a escolha certa do vaso. É essencial escolher o vaso adequado. Opte por modelos que tenham artefatos naturais, como cascalho, por exemplo, para dar um toque real à planta.

Fique atento ao material

Para não prejudicar a decoração, é importante escolher com muito cuidado as plantas artificiais que serão utilizadas na sua casa. É essencial ficar atento ao material utilizado!

Uma das melhores opções de materiais para confecção de planta artificial é o silicone. Além de não desbotar com facilidade, ele tem uma textura que se assemelha muito com uma planta real e é bem fácil de limpar.

Fique atento ao tom das cores e escolha aquele que se assemelha ao das plantas naturais. Desse modo, você evita aquela aparência artificial e consegue um visual bem próximo ao natural.

Faça você mesmo

Sabia que esse tipo de trabalho é bem fácil de ser feito? Arranjos sob medida, mesmo para quem não tem experiência, são bem simples de serem feitos. O que não faltam são vídeos no YouTube ensinando o passo a passo. Vale conferir!

Mantenha sua planta artificial sempre limpa

Não se esqueça de tirar a poeira das plantas diariamente junto com os outros itens da casa. Elas pegam muita sujeira e ficam com uma péssima aparência. Para limpá-las, basta passar um pano úmido.

Como você pôde conferir no artigo, planta artificial ou natural são duas boas opções de decoração. No entanto, é necessário que você avalie qual das duas tem mais a ver com o seu dia a dia. Para quem ama planta e vê os cuidados com ela como uma terapia, vale investir em algumas espécies.

E você, tem plantas em casa? Gostaria de compartilhar algumas dicas com quem está em dúvida sobre as duas opções? Então deixe um comentário e divida com a gente suas experiências!

 

estilos de eletrodomésticos para cozinha

Casa equipada: 10 eletrodomésticos para cozinha essenciais

cozinha é um dos espaços mais apreciados da casa. É nesse cômodo que a família se reúne para o café da manhã e prepara suas refeições diárias. Por tudo isso, ele precisa ser bem decorado e devidamente equipado, com bons eletrodomésticos para cozinha.

No entanto, é importante saber qual a real necessidade de cada um desses itens e sua importância no dia a dia. Com tecnologias cada vez mais avançadas, tais equipamentos são fundamentais no preparo dos mais diversos pratos e, além disso, ajudam na decoração, tornando o ambiente lindo e o mais disputado em qualquer residência.

A seguir, vamos relacionar os 10 eletrodomésticos que não podem faltar em sua cozinha e o papel de cada um deles para o bom funcionamento desse espaço de sua casa. Acompanhe!

1. Refrigerador

A geladeira forma o par perfeito com o fogão, sendo que ambos não podem faltar em uma cozinha. Mas o refrigerador é extremamente importante, pois é nele que acondicionamos os alimentos que precisam de refrigeração e congelamento.

Tal eletrodoméstico proporciona o conforto de fazer determinado prato e congelá-lo por alguns dias, bem como de manter nossa bebida preferida sempre gelada. Ao comprar o refrigerador, porém, é necessário pesquisar os melhores preços e o consumo de energia, para saber qual modelo mais se encaixa ao seu estilo de vida.

Existem geladeiras grandes e pequenas, com uma e duas portas: o ideal é escolher aquela que esteja de acordo com a decoração de sua cozinha. Os modelos inox estão em alta e combinam com as decorações mais modernas.

2. Fogão e cooktop

Fogão ou cooktop? Bem, isso vai depender do tipo de decoração de sua cozinha. As mais modernas utilizam o cooktop, que ganhou terreno com a popularização dos ambientes planejados. Eles podem ser encaixados na bancada e ocupam pouquíssimo espaço, já que não contam com forno.

Já os fogões mais comuns são utilizados em cozinhas de móveis modelados. Trata-se dos conhecidos fogões de piso, mais práticos para os momentos de limpeza do local.

No entanto, se sua cozinha for planejada e você fizer questão do forno, o melhor é optar por um fogão também planejado. Ele pode ser embutido e, assim, se encaixará no projeto, integrando-se ao espaço calculado.

3. Forno elétrico

Já se foi a época em que bastava o forno do fogão. Hoje em dia, o forno elétrico ganhou independência, tornando nossos lanches muito mais práticos e rápidos de serem feitos. Existe uma grande variedade de modelos no mercado.

Preços e tamanhos podem definir qual a opção ideal para o seu caso. Há os bem pequenos e os maiores, que podem ser colocados sobre bancadas e nos quais é até possível assar uma pizza grande.

Para as cozinhas planejadas, os modelos embutidos caem como luvas. Eles são muito utilizados nesse tipo de decoração, principalmente por quem opta pelo cooktop.

4. Micro-ondas

O micro-ondas é outro eletrodoméstico que se tornou essencial para as pessoas — principalmente no caso de quem tem uma rotina corrida, em que não sobra tempo para nada. O aparelho agiliza muito o dia a dia, principalmente na hora de esquentar algum alimento gelado (e até congelado, pois há a função de descongelamento).

Ao escolher um modelo, você deve prestar atenção no tamanho e avaliar suas necessidades. Existem os pequenos, de 25 litros — próprios para quem mora sozinho —, e os médios, de 28 a 34 litros, que são ideais para pequenas famílias.

Há, ainda, as alternativas sofisticadas, que contêm funções mais variadas e perfeitas para famílias maiores.

5. Lava-louças

Para quem não gosta de lavar louças na pia, a máquina lava-louças é muito bem-vinda. Com ela em sua cozinha, é possível ganhar bastante tempo — basta organizar os itens em seu interior e pronto: ela faz tudo sozinha. Os lares brasileiros estão adotando cada vez mais esse eletrodoméstico útil e que permite economizar tempo.

No entanto, vale lembrar que o ideal é que a máquina seja utilizada apenas quando há bastante louça suja acumulada. No caso de menores quantidades, dê preferência à pia. É a economia de energia em sua casa que está em jogo, ok? Afinal, não dá tanto trabalho assim lavar poucos pratos, concorda?

6. Cafeteira

Quem é que abre mão do velho e bom cafezinho? Por isso, esse eletrodoméstico não pode faltar nos lares do Brasil. Essa bebida já faz parte de nossa cultura — e ficar sem ela é praticamente impossível, ainda mais diante da facilidade de prepará-la em uma cafeteira.

Existe uma grande variedade de cafeteiras no mercado, inclusive as de café espresso, que é tão apreciado pelos brasileiros.

7. Liquidificador

Se a pessoa aprecia uma vida saudável, não falta espaço para um liquidificador em sua bancada. Ele é responsável por aquela vitamina deliciosa, uma sopinha cremosa, bolos e tudo mais que precisar ser triturado.

Uma casa bem equipada não pode deixar de ter um bom liquidificador. Existem vários modelos disponíveis no mercado a preços bem acessíveis.

8. Processador de alimentos

O processador de alimentos é um item também muito presente nas residências de hoje. O eletrodoméstico ganha as pessoas por sua praticidade na hora de usar e limpar (demandando bem menos tempo do que do liquidificador, por exemplo).

Com ele, é possível processar muitos alimentos, além de picar, misturar, cortar, bater em creme, triturar, emulsificar, espumar etc. Está bom ou quer mais?

É possível encontrar modelos a preços bem acessíveis, mas existem os tipos completos, com várias funções — inclusive a de liquidificar — e o copo de liquidificador incluído. Vale a pena pesquisar a opção que mais se encaixa às suas necessidades.

9. Torradeira

torradeira é muito prática e pode ser considerada fundamental no café da manhã, principalmente para quem não tem tempo de sair e comprar aquele pão fresquinho. Ela quebra esse galho e torna a refeição bastante saborosa.

Além disso, um modelo bonito vai contribuir para dar aquele destaque na decoração da cozinha. Aproveite!

10. Fritadeira elétrica

A fritadeira elétrica substitui a frigideira convencional e é bem prática. Para usá-la, basta abrir a bandeja e colocar o item que deseja fritar.

Ela usará a gordura contida no alimento, mas, se você quiser agregar mais sabor, é só colocar meia colher de azeite para dar uma crocância maior. Para quem ama fritura, essa é uma substituição bem saudável!

Como você pôde perceber neste artigo, os eletrodomésticos para cozinha devem ser bem escolhidos e marcar presença nessa área da casa. Quanto mais equipado for o ambiente, mais prática será sua vida. Tais itens realmente nos poupam tempo e decoram muito bem esse espaço!

E então, gostou de nosso conteúdo? Confira também algumas sugestões de eletrodomésticos disponíveis em nosso site!