um dos tipos de assadeiras que podemos usar

Na hora de colocar a mão na massa, é preciso mais que seguir a receita. É essencial poder contar com os equipamentos e acessórios certos, já que eles estão envolvidos no preparo. Entre os itens de destaque, estão os diversos tipos de assadeiras.

Responsáveis pelos pratos que vão ao forno, os utensílios aparecem em vários estilos. Nem sempre é fácil identificar o ideal para cada exigência, mas há como descomplicar essa etapa. Ao conhecer as qualidades das alternativas, é possível preparar de receitas fitness às sobremesas saborosas.

Confira, neste guia, tudo o que é importante sobre as assadeiras e entenda como escolher as melhores!

A forma importa para fazer a receita?

Um dos principais motivos para fazer uma compra adequada é o efeito que esse acessório tem nas receitas. Basta selecionar o produto errado para que montar a mesa de jantar se torne muito difícil. Afinal, sem a receita pronta, você vai ter que pensar em um plano alternativo.

Para não correr esse risco, o ideal é usar a versão adequada para cada tipo de preparação. A seguir, entenda quais são os impactos e veja por que a sua decisão é crucial.

Ajuda no cozimento

A principal função de uma assadeira é garantir uma boa distribuição do calor que existe no forno. Dependendo do material, do tamanho e até do formato, a temperatura fica alta ou baixa em certos pontos. Enquanto algumas receitas precisam ficar bem espalhadas em camadas finas, outras exigem um aspecto especial.

Essa questão do calor também tem tudo a ver com atingir o resultado ideal. Então, a escolha é determinante para que o cozimento saia exatamente como o esperado. Assim, você não tem que lidar com pratos crus, queimados ou fora do ponto.

Favorece a estruturação

Muitas receitas precisam de uma estrutura específica. As que são montadas em várias camadas, por exemplo, exigem assadeiras altas e capazes de “abraçar” a preparação. Já uma opção delicada, provavelmente, exigirá utensílios menores, para não ter que ficar tanto tempo no forno.

Se escolher o tamanho incorreto, não dá para deixar a receita com a cara desejada. Para evitar problemas nesse sentido e conquistar uma bela preparação na mesa de jantar, essa decisão é determinante.

Facilita a retirada

Alguns modelos de assadeira trazem elementos extras para depois que saem do forno. É o caso dos que têm grelhas suspensas, fundos removíveis, alças especiais e assim por diante.

São características essenciais para conseguir retirar a receita e servi-la do jeito certo. Principalmente, esses aspectos ajudam a manter a estrutura da preparação e, é claro, deixam tudo mais bonito. No final, você só precisará se preocupar em escolher se vai usar jogo americano ou toalha de mesa.

Altera o formato

Com os pontos anteriores, você já garante que a receita vai dar certo e cozinhar conforme o esperado, mas também é importante conseguir aquele visual que planejou com todo o cuidado, não é mesmo?

Entre os tipos de assadeiras, encontram-se peças com todos os formatos. Como consequência, é possível criar receitas em diferentes formas. A escolha, portanto, deve levar isso em conta para que, no final, tenha o resultado tão desejado.

Quais são os tipos de assadeiras?

Ao falar nos produtos variados, vale a pena considerar os materiais com os quais são feitos. Eles ajudam a garantir bons resultados no calor e também permitem que você atinja os seus objetivos na cozinha.

A seguir, veja quais são os principais tipos de assadeiras de acordo com os materiais e tire as suas dúvidas!

Alumínio

O alumínio é um metal leve, mas bastante resistente. É muito usado na cozinha, como em panelas, colheres e, também, nas assadeiras.

Ele esquenta rapidamente, então é perfeito para gratinar pratos ou mesmo para dar aquela casquinha crocante com recheio macio. Normalmente, as assadeiras desse tipo são usadas com receitas que se adaptam à variação de calor e que, por isso, não queimam.

Material antiaderente

O revestimento antiaderente é muito famoso por sua cor grafite e por evitar que os alimentos grudem em sua superfície. Fácil de trabalhar, não poderia ficar de fora dos principais tipos de assadeiras.

É ideal para receitas delicadas e com ingredientes que devem desgrudar facilmente. Também é uma ótima escolha para preparar pratos saudáveis, já que não exige o uso de tanto óleo, manteiga ou azeite.

Vidro

Clássicas, as assadeiras de vidro são muito resistentes. O material transparente recebe um tratamento especial e, com isso, consegue lidar melhor com as altas temperaturas do forno. As de qualidade suportam, inclusive, choques térmicos ou grandes variações de temperatura.

Por causa da estrutura do material, há uma distribuição uniforme do calor. A temperatura também é retida por mais tempo, então o ideal é investir em preparações que sejam menos delicadas.

Cerâmica

A cerâmica, como a porcelana, é famosa por ser um ótimo isolante térmico. Isso significa que ela demora a absorver calor, mas, depois que fica quente, não o perde facilmente. Na hora de assar, essas são propriedades importantes.

As assadeiras de cerâmica são ideais para pratos elaborados e estruturados. Como distribuem o calor de forma homogênea e gradual, tudo cozinha por igual. Já que permanece quente mesmo após sair do forno, ainda ajuda a garantir uma receita quentinha e pronta para ser saboreada.

Silicone

Quem busca máxima praticidade deve investir nas assadeiras de silicone. Elas são muito maleáveis, mas não se engane: são resistentes e aguentam desde pequenas sobremesas até pratos complexos.

A grande vantagem é que é muito fácil tirar os alimentos, já que eles não grudam. Também é possível dar formas diferentes e garantir o acabamento perfeito. Só tome cuidado para não colocá-las diretamente em contato com a grelha do forno, pois isso faz com que elas derretam.

Quais são os formatos de assadeiras?

Depois de conhecer os tipos de assadeiras de acordo com os materiais, chegou a hora de considerar os formatos. As diferenças não são apenas estéticas e se relacionam com o processo de cocção. Afinal, com qualidades diferentes, é possível criar “barreiras” para o calor, favorecer a temperatura em certos pontos e assim por diante.

Na sequência, descubra quais são os formatos disponíveis e entenda as características específicas de cada um.

Redonda

A assadeira redonda é um verdadeiro clássico. Ela aparece em vários tamanhos e ajuda a equilibrar a distribuição do calor em todos os pontos. Também é ideal para dar origem a fatias iguais.

A versão com laterais altas é a mais comum, mas há algumas alternativas menores. Uma forma para pizza, por exemplo, normalmente é bem baixinha, para garantir um bom cozimento.

Retangular

As formas retangulares estão entre as mais famosas. Elas oferecem bastante área para comportar os ingredientes e ajudam na distribuição de calor.

Há versões com “paredes” altas ou baixas, de acordo com a necessidade. Também é possível encontrar diversos tipos de assadeiras retangulares com grill. Já as finas, como do tipo folha, são ideais para o cozimento rápido.

Com furo no meio

Outra opção muito comum entre os tipos de assadeiras é a que apresenta um furo no meio. Normalmente, ela é redonda e conta com a estrutura bem no centro, onde não vai nenhum tipo de massa ou ingrediente.

É ideal para preparações mais leves e aeradas, pois auxilia a garantir estrutura ao desenformar. Também é uma boa opção porque faz com que o calor chegue até o centro, o que leva ao cozimento completo.

Com fundo removível

Como você viu, às vezes é preciso ter uma ajudinha extra para que o visual não seja prejudicado, certo? As formas de fundo removível são essenciais para quem deseja ter pratos que vão à mesa com diferentes tipos de cristais e outros itens e que não fazem feio.

Há aquelas apenas com o fundo móvel e, também, as de aro removível. No segundo caso, basta “acionar” uma trava para a forma se abrir e o prato estar estruturado. Para quem pretende levar do forno à mesa, é uma ótima escolha.

Canelada

Já as assadeiras caneladas são conhecidas por ter laterais “enrugadas”. Isso dá origem a preparações bem crocantes nos lados e com um sabor especial.

Em geral, elas são redondas e podem ter o fundo falso, quando feitas de metal. Os ramequins, fabricados com cerâmica, normalmente seguem essa proposta. É uma opção mais específica que as outras, mas que é igualmente importante para a sua cozinha!

Quais são os tamanhos de assadeira?

Para completar a classificação, há a divisão de acordo com o tamanho do utensílio que vai ao forno. No caso das redondas, isso é verificado pelo diâmetro. Para as retangulares, há medidas do comprimento e da largura. Quanto maiores forem os números, maior é a capacidade de servir.

Além disso, todas variam na altura das laterais. Assadeiras mais baixas são indicadas para preparações rápidas. Na sequência, veja quais são as principais opções disponíveis.

Pequeno

As formas pequenas são ideais para acompanhamentos ou pratos para apenas uma ou duas pessoas. No caso dos ramequins, especificamente, ainda é possível pensar em preparações individuais.

O tamanho depende do formato e, normalmente, as redondas não passam de 20 centímetros. Para as retangulares, uma forma pequena é a que mede até 30 centímetros — então, fique de olho.

Médio

A versão média é a preferida de muita gente. Tem o tamanho ideal para caber na maioria dos fornos, oferece bons resultados para boa parte das preparações e ainda garante praticidade.

Como são tão populares, esses produtos estão entre os tipos de assadeiras indispensáveis na sua casa. A forma redonda média tem de 22 a 26 centímetros, enquanto a retangular mede cerca de 35 centímetros.

Grande

Para preparações robustas, as assadeiras grandes são a melhor pedida. Elas também são indicadas para receitas que exigem muito contato com o calor e camadas bem finas, pois permitem uma distribuição melhor.

Assim como é preciso ter cuidado ao escolher os tipos de cooktop de acordo com o tamanho, essa compra também exige atenção. Veja se as assadeiras cabem no forno de forma confortável e segura. As redondas têm 30 centímetros, enquanto as retangulares passam de 40 centímetros.

Como escolher o tipo de assadeira?

Conhecer os diversos modelos disponíveis é o passo mais importante para fazer boas compras. Ao identificar as características do utensílio, é fácil entender como cada um se encaixa na sua cozinha, certo?

Ao mesmo tempo, você já notou que não faltam opções na hora da compra. Portanto, nada melhor que saber qual é a solução ideal para cada momento. A seguir, veja como escolher entre os tipos de assadeiras e tire as suas dúvidas!

Pense sobre quais são os pratos que mais faz

Não adianta sair por aí comprando todas as assadeiras que encontrar pela frente, pois elas não serão úteis se ficarem jogadas no armário. Então, é preciso avaliar, com cuidado, quais são as suas maiores exigências.

Pense nos pratos que mais cozinha ou mesmo nos que tem vontade de experimentar. Se quiser ser saudável, uma opção com grill é uma escolha ideal para se livrar da gordura. Já se a ideia for preparar várias sobremesas, as redondas e as com furo no centro estão entre as principais.

Confira as indicações das receitas

Para não ter dúvidas, o melhor é verificar o que as suas receitas favoritas recomendam. Pode parecer bobagem, mas a indicação sobre o tamanho e o formato é essencial para chegar ao resultado desejado.

Separe as suas receitas favoritas e veja quais são as solicitações mais frequentes. Anote tudo e se baseie nessas referências para fazer as compras. Na hora de preparar os pratos, você terá os utensílios necessários.

Fique de olho no material

Também é importante pensar em qual é o material recomendado para as suas exigências e preparações. Quando o objetivo é reduzir a gordura e facilitar a limpeza, as antiaderentes e as de silicone são as melhores escolhas. Já se quiser um cozimento lento, as de cerâmica são uma boa pedida.

Avalie, ainda, a sua capacidade de armazenamento. Veja se existe espaço na sua cozinha para cuidar de itens de vidro ou porcelana, de modo a evitar que o seu investimento se transforme em cacos.

Monte um conjunto com peças básicas

Depois de considerar todos esses aspectos, faça uma lista com as peças que pretende comprar. O ideal é adquirir um kit com os tipos de assadeiras que realmente fazem sentido para as suas necessidades. Para algumas pessoas, a canelada não faz diferença, enquanto outras quase não usam as de fundo removível.

Se não quiser errar, o melhor é ficar com versões médias e de materiais versáteis, como o alumínio, o vidro e o revestimento antiaderente. Ao longo do uso, notará se é necessário adquirir outros tamanhos, formatos e materiais. Desse jeito, você garante o melhor investimento para a sua cozinha.

Quais receitas fazer em cada assadeira?

Por causa das características de cada item, certas receitas combinam melhor com alguns tipos de assadeiras. Dependendo do tamanho, do material e do formato, uma preparação ficará mais saborosa ao ser realizada em um utensílio específico.

Para garantir que os pratos do cotidiano tenham sabor e uma ótima aparência, veja algumas receitas para realizar em cada uma.

Proteínas grelhadas

Opções de carne vermelha, frango, peixes e outras proteínas ficam mais saudáveis quando vão ao forno. Para retirar a gordura com facilidade e ainda garantir um ótimo sabor, é possível recorrer às assadeiras com grill. O suporte de grade suspende o ingrediente, auxilia a deixá-lo grelhado, e a parte debaixo coleta a gordura. Na hora de elaborar um salmão grelhado ou um peito de pato, o acessório será de grande ajuda.

Dependendo da preparação, a versão de porcelana também é uma pedida adequada. Um arroz de forno com frango desfiado, por exemplo, cozinha — e gratina — melhor com esse item.

Vegetais assados

É igualmente recomendado recorrer aos diferentes acessórios para deixar os legumes e as hortaliças ainda mais gostosos. Uma versão de vidro com laterais altas é perfeita para montar uma lasanha vegana e repleta de sabor. Já uma de porcelana é a recomendada para quem deseja fazer um ratatouille cheio de cor e temperos.

As assadeiras rasas, por sua vez, ajudam a criar snacks saudáveis. Os legumes fatiados ficam crocantes com alguns minutos de forno e são ótimos para o período entre as refeições. Você pode fazer chips de batata-doce, petiscos de grão-de-bico e muito mais.

Massas gratinadas

Para quem não abre mão de uma boa massa, como um canelone ou um macarrão especial que vai ao forno, os tipos de assadeiras devem ser escolhidos corretamente. As cerâmicas ajudam a distribuir o calor por igual, o que garante um cozimento perfeito.

As de material antiaderente também são ideais para preparações com muito molho e para quando a ideia é conseguir aquele gratinado especial. Se quiser dar um toque diferente, aposte nas porções individuais, como com o ramequim ou com assadeiras pequenas.

Sobremesas diversas

Para completar, muitas sobremesas também vão ao forno. Bolos e brownies são apenas alguns exemplos — e aparecem, inclusive, na versão fit. A forma de alumínio é a ideal para essas receitas, pois a massa se adapta bem às alterações de temperatura.

Já um pudim precisa de uma com furo no centro para cozinhar da melhor maneira. Ela pode, inclusive, ser usada fora do forno. Na hora de criar preparações geladas, essa alternativa dá o formato certo, assim como as de vidro.

As de silicone também se destacam, principalmente na hora de fazer cupcakes e muffins. Enquanto isso, a rasa é ideal para rocamboles e cookies. Então, cada delícia doce exige um cuidado especial nesse sentido.

Onde comprar os tipos de assadeiras?

Para aproveitar todo o potencial desses utensílios de cozinha, é fundamental fazer boas compras. Da mesma forma que você se preocupa com as panelas, com o aparelho de jantar ou com as taças de espumante, os elementos que vão ao forno precisam de atenção especial.

Depois de decidir quais serão os modelos, é hora de escolher a loja com cuidado. Isso garantirá a qualidade do seu pedido e fará com que a sua cozinha seja equipada do jeito certo. A seguir, tire as suas dúvidas e saiba onde comprar.

Conheça os tipos de assadeiras oferecidos

Imagine ter que avaliar uma, duas ou várias lojas, apenas para adquirir uma assadeira em cada lugar. O processo vai consumir muito tempo, e ainda há o risco de sair bem mais caro, não é? Em vez disso, o melhor é concentrar os pedidos em uma loja.

Então, o primeiro passo é verificar quais são os tipos de assadeiras disponíveis para a venda. Veja se há várias marcas, tamanhos e modelos, de acordo com as suas expectativas.

Sabe aquela lista com o kit que elaborou? Confira se a loja oferece todos os itens — ou, ao menos, a maioria deles. Assim, tudo fica bem mais simples.

Analise se as marcas são de qualidade

Em seguida, é hora de conferir a qualidade dos produtos. Comprar assadeiras é um investimento para a sua cozinha, já que você precisará delas em diversos momentos. Nesse sentido, é recomendado ficar de olho nas marcas dos produtos vendidos.

Veja se as fabricantes são reconhecidas no mercado e se oferecem itens com durabilidade e que cumprem o que prometem. Quanto melhor for esse aspecto, mais fácil será usar as peças em seu cotidiano.

A La Ville reúne produtos das principais marcas, com uma seleção cuidadosa e repleta de qualidade. Assim, você tem a chance de fazer compras seguras e de obter os melhores efeitos.

Avalie a facilidade de concluir o pedido

Além de tudo, considere quão simples é realizar o pedido. Como a rotina é muito agitada, é comum não conseguir dedicar algumas horas para concluir as aquisições em uma loja física, certo?

Nesse caso, o melhor é investir na compra pela internet ou mesmo pelo telefone. Após alguns cliques, você consegue escolher o que deseja e pode fazer os pedidos sem nenhuma complicação.

Na La Ville, há toda a conveniência e a segurança que são necessárias a esse momento. Entre as diversas opções, fica fácil escolher os acessórios adequados e garantir que eles cheguem de maneira prática.

Os diferentes tipos de assadeiras contemplam vários usos, modelos e materiais. Ao conhecer as características dos principais, fica muito mais fácil escolher o que seguirá para a sua cozinha.

Para não ter erro na hora de comprar, confira o site da La Ville e realize os seus pedidos!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This