exemplos de tipos de taça

Receber amigos e familiares em casa, para confraternizações ou simplesmente jogar conversa fora, é uma delícia, não é mesmo? São momentos assim que nos promovem uma sensação de satisfação e bem-estar.

Porém, para impressionar os convidados e oferecer uma recepção irretocável, é fundamental estar muito bem informado acerca dos aparelhos de jantar, taças e métodos de organização de mesa que estão na moda.

Pensando em te ajudar a aprender definitivamente como escolher dentre os variados tipos de taça e qual a ideal para cada bebida que será servida, elaboramos um miniguia para que você não tenha mais nenhuma dúvida. Leia agora e aprenda!

Água

Vamos começar nosso miniguia com aquele tipo de bebida que nunca poderá faltar, seja qual for o tipo de evento ou comemoração: a água.

Em razão de suas características intrínsecas, não ter cheiro, nem sabor, muito menos cor, a água não precisa de uma taça específica para preservar nenhuma de suas propriedades. Logo, qualquer uma poderá receber o líquido, desde que na arrumação da mesa, o utensílio escolhido se harmonize com o padrão das demais peças e seja maior que a taça escolhida para o vinho, sempre estando posicionada do lado esquerdo da taça de vinho sobre a mesa.

Ah, é bom lembrar que a mesma peça que for escolhida para servir a água também poderá ser utilizada para servir refrigerantes e sucos, bebidas que não exigem um tipo especial de taça ou copo.

Cerveja e chope

A cerveja e o chope, diferentemente do que dissemos sobre a água, possuem características que exigem um tipo de taça específico. Isso ocorre pois no caso dessas bebidas, tanto a temperatura, quanto a espuma e cremosidade precisam ser preservadas.

Sendo assim, o tipo de taça mais indicado são as tulipas que, por terem o corpo alongado, favorecem a preservação do líquido em seu interior.

Bebidas quentes

O irish coffee é um tipo de bebida quente feita à base de café, uísque, açúcar e chantilly, normalmente é servido em uma taça de vidro com haste lateral, projetada dessa maneira para evitar o contato com o vidro quente e também para preservar o calor do interior do recipiente.

Vale dizer que esse mesmo tipo de taça é usado também para oferecer cappuccino, que tem receita similar à do irish coffee porém, não contém bebida alcoólica e conta com a adição de leite em pó, chocolate ou cacau e especiarias como a canela.

Vodca

Embora no Brasil nós tenhamos o hábito de usar a vodca para a elaboração de drinks e da famosa caipivodca — ou caipiroska —, essa bebida também pode ser consumida pura. Nessas condições, o tipo de taça escolhido é completamente diferente das versões usadas nas outras situações.

Desse modo, para o consumo da vodca pura, a bebida costuma ser oferecida gelada, em pequenas doses e por isso requer um recipiente que preserve sua temperatura. A taça ideal é curta e com uma base mais grossa para evitar que o calor das mãos seja transferido para a bebida, aquecendo-a.

Esse tipo de taça costuma servir outras espécies de destilados, como tequila, rum e cachaça, e sua capacidade pequena, de 35 a 60ml, propicia que a bebida seja tomada de uma só vez, em um único gole.

Uísque

O uísque é servido em um copo de boca larga, para acomodar adequadamente as pedras de gelo que costumam acompanhar a bebida. Esse copo é conhecido como copo “on the rocks” que na tradução literal do inglês para o português significa “nas pedras”. Quer dizer, trata-se de uma clara alusão às pedras de gelo.

É importante ressaltar que essa opção de taça também costuma servir para receber bebidas como a caipirinha, feita com cachaça, a saquerita, feita com saquê, e o Negroni, feito com Campari, vermute, gim, e suco de laranja.

Vinhos

O vinho é uma bebida que possui características bem peculiares de acordo com o tipo, e por esse motivo cada tipo de vinho demanda um tipo de taça específica.

Vinho branco ou rosé

O vinho branco e também o rosé são servidos em baixa temperatura, isto é, o consumo dessas bebidas é mais agradável quando elas estão bem geladas. Sendo assim, é fundamental preservá-lo por maior tempo possível na temperatura ideal para que a degustação seja o mais prazerosa possível.

Em função dessa exigência, a taça de vinho branco ou do vinho rosé deve ter a haste mais alongada, porém com o bojo mais estreito e comprido, visando manter o aroma mais delicado desses tipos de vinho.

Vinho tinto

Já no caso do vinho tinto — que tem como particularidade a necessidade de ter maior contato com o ar para que, como dizem os enólogos, a bebida possa “respirar” — o bojo é mais arredondado, o que torna a abertura da taça maior e possibilita o indispensável contato com o oxigênio.

Essa oxigenação é exigida para que o vinho tinto possa liberar seus aromas e sabores, resultando em uma evolução interessante ao entrar em contato com a boca.

É importante registrar que, no caso da uva Bordeaux, existe uma taça que leva seu nome e que tem um design específico para preservar o aroma desse vinho. Apesar de mais encorpado, ele possui notas suaves que podem se dispersar se forem vertidas em outros modelos de taça.

Espumante e champanhe

A bebida das comemorações, seja um espumante ou um bom champanhe, necessita de uma taça comprida, de haste longa e boca estreita, também conhecida como flûte.

Isso é necessário porque a bebida precisa se manter gelada e a haste evita o contato com o calor das mãos. Já a boca estreita garante que a efervescência produzida pelas bolhas de gás carbônico, também conhecidas como “perlage”, sejam preservadas por maior tempo possível.

Drinks e Martini

De modo geral os drinks são servidos gelados assim como o Martini. Em função disso, como já dissemos exaustivamente, essas bebidas precisam de taças que possuam uma haste longa.

Sua parte superior tem o formato da letra Y e esse modelo confere um charme todo especial a esses drinks, que costumam inclusive ser servidos com enfeites e adereços na borda da taça.

É bom saber que esse modelo de taça não deve ser usado com canudo, apenas com alguma fruta, rodela de limão, laranja ou cereja partida na borda.

Agora que você já sabe os tipos de taça ideais para cada bebida, continue a leitura e descubra os tipos de pratos para bolo que você pode usar para arrasar na produção da sua mesa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This