sala de estar com várias cores na decoração

Na hora de montar a casa, muita gente tem medo de errar e acaba escolhendo apenas tons neutros para os objetos, móveis e acabamentos. Mas usar cores na decoração deixa o ambiente muito mais moderno e dita o clima de cada cômodo.

O segredo para não carregar demais o visual é pensar no todo na hora de eleger as tonalidades de cada cantinho. Para ajudar com esse processo, vamos listar algumas dicas para você colorir seu lar com muito bom gosto. Confira!

Entenda a funcionalidade de cada cor

Um dos primeiros passos na hora de decorar a casa é entender mais sobre as cores e qual a proposta de cada uma.

Os tons são divididos em três categorias básicas:

  • neutros (branco, bege, amadeirado, preto e alguns tons de marrom): são indicados para compor a base das decorações;
  • frios (todos os azuis, alguns tons de verde, roxo, lilás, violeta, cinza etc.): transmitem sensações de leveza, calma, conforto e ampliam o ambiente — por isso, são indicados para cômodos de descanso e repouso;
  • quentes (vermelho, amarelo, laranja etc.): irradiam uma energia vibrante, calorosa, solar e ajudam a dar ânimo — são ótimas para ambientes da casa onde há bastante atividade e circulação, como salas, escritórios e corredores.

Considere o tamanho do cômodo

A metragem do cômodo deve ser levada em conta na hora de definir quais serão as cores na decoração.

Lugares grandes ficam mais aconchegantes com cores quentes e tons alegres. Já um ambiente pequeno pode ficar sufocante se você usar muitas cores fortes e corre o risco de parecer ainda menor se os tons forem escuros. Quanto mais claro, maior a sensação de amplitude.

Mas isso não significa que é proibido usar uma cor ou outra, pois tudo vai depender do efeito que você quer criar. Uma dica é usar essas cores menos indicadas em objetos menores de decoração e deixar as mais adequadas para paredes e móveis.

Olhe para a iluminação

Assim como o tamanho, a iluminação é muito importante. Em um ambiente decorado com tonalidades escuras, por exemplo, é preciso compensar com a inclusão de mais pontos de luz. Já um cômodo com bastante luz natural por ser mais colorido sem tanta preocupação.

Evite uma decoração exagerada

Como acontece em várias áreas da nossa vida, o segredo do sucesso é o equilíbrio. Tome cuidado para não criar um ambiente carregado demais.

Se você não tem muita experiência em decorar com cores, vá com calma. Aposte em uma base com tons neutros e inclua alguns itens coloridos sobre ela.

Outra dica é balancear a quantidade de tons com a de objetos. Em um cômodo com muitas peças, certifique-se de que algumas são neutras. E em um local sem muitos objetos, use itens coloridos para preenchê-lo visualmente.

Crie contraste ao incluir cores na decoração

Como falamos logo acima, é preciso cautela para não carregar visualmente o ambiente, mas não deixe de criar alguns contrastes para valorizar itens de decoração. Esse efeito pode ser produzido tanto com a utilização de cores complementares no círculo cromático quanto com a mistura de claro e escuro.

Por exemplo: em uma parede branca, um quadro com moldura da mesma cor terá pouco destaque, então prefira alguma tonalidade mais marcante. Outra ideia é colocar seu objeto decorativo preferido em frente a uma tonalidade totalmente diferente da dele, transformando-o no ponto focal daquele canto.

Com algumas dicas e uma dose de criatividade, é possível usar e abusar sem medo. Com a sua casa mais equilibrada e alegre, cada ambiente vai transmitir a sensação que você quer!

E além de apostar nas cores na decoração, que tal adicionar ainda mais beleza ao seu lar? Veja como usar flores para incrementar a ornamentação e dê vida e elegância ao seu espaço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This